Ambiente

Reciclagem pode criar mais 400 mil empregos até 2020

A aplicação integral da legislação da União Europeia (UE) respeitante aos resíduos pode permitir a poupança de 72 mil milhões de euros por ano, aumentar em 42 mil milhões de euros o volume anual de negócios e criar mais de 400 mil empregos.
Versão para impressão
A aplicação integral da legislação da União Europeia (UE) respeitante aos resíduos tem potencial para permitir a poupança de 72 mil milhões de euros por ano, aumentar em 42 mil milhões de euros o volume anual de negócios do setor de gestão e reciclagem e criar mais de 400 mil postos de trabalho até 2020.
 
A conclusão é de um estudo encomendado pela Comissão Europeia e dado a conhecer esta terça-feira, que revela que, apesar das metas de reciclagem à escala da UE e dos êxitos em determinados domínios, os resíduos continuam a ser um recurso “extremamente subaproveitado” na Europa, lê-se em comunicado.
 
O estudo aparece no âmbito da mais recente fase da campanha europeia “Generation Awake”, que se foca nas consequências ambientais, económicas, sociais e pessoais do uso insustentável de recursos e que se destina a sensibilizar os consumidores para estas consequências, ilustrando os benefícios de uma gestão mais cuidada destes mesmos recursos. 
 
A campanha está a ser desenvolvida em torno de um portal interativo a que é possível aceder nas 24 línguas oficiais da União Europeia e no qual várias personagens animadas apresentam o impacto ambiental das suas decisões ao nível da utilização de recursos no dia-a-dia. 
 
A iniciativa, que visa alcançar, em especial, os indivíduos na faixa etária entre os 25 e os 40 anos residentes nas cidades e as famílias com crianças, convida os visitantes do site “Generation Awake” a descobrir o valor dos resíduos, mostrando como, em vez de descartados, podem ser reutilizados, reciclados, trocados ou reparados.
 
Atualmente, devido à má gestão dos resíduos, a economia da União Europeia perde uma quantidade considerável de potenciais matérias-primas secundárias, realça o documento, que avança que, em 2010, a produção total de resíduos na UE foi de 2.520 milhões de toneladas (uma média de cinco toneladas por habitante ao ano).
 
“Reduzindo, reutilizando e reciclando resíduos podemos todos contribuir para uma economia dinâmica e para um ambiente saudável”, garante a Comissão Europeia, apoiando-se no estudo que dá conta de um enorme potencial de poupança e de criação de emprego no setor dos resíduos nos próximos anos se a legislação existente for respeitada.
 
“[Com a redução e reciclagem dos resíduos] “poupam-se recursos ambientais e económicos, contribuindo para colocar a Europa no rumo de uma economia mais circular, onde obteremos o máximo valor dos recursos e produtos mediante reparação, reutilização, reprocessamento ou reciclagem”, conclui aquela entidade. 

Clique AQUI para aceder ao site oficial da campanha “Generation Awake”.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub