Gastronomia

Receitas da Io: Tiramisù

"Tiramisù", traduzido à letra, significa "puxa por mim" ou "arrebita-me". Um poema com as mesmas palavras pode ser interpretado de uma forma genial ou absolutamente banal. Este exemplo encaixa-se perfeitamente para este doce; poder-se-ia a todos os d
Versão para impressão
“Tiramisù”, traduzido à letra, significa “puxa por mim” ou “arrebita-me”. Um poema com as mesmas palavras pode ser interpretado de uma forma genial ou absolutamente banal. Este exemplo encaixa-se perfeitamente para este doce; poder-se-ia a todos os doces. Tudo conta: os ingredientes, os tempos, as doses, o equilíbrio, a textura. Nem tudo se pode dizer por palavras, é preciso sentir. O resultado de um bom doce nunca é por acaso.

O Tiramisù, para mim, deve ter o equilíbrio perfeito entre o amargo do café e do rum e o doce do creme.

Image and video hosting by TinyPicIngredientes:

– 250 gr de “mascarpone”
– 5 gemas mais 100 gr de açúcar em pó
– 3 claras mais 50 gr de açúcar em pó
– 12 palitos “la reine”
– 4 chávenas de café (cafeteira italiana)
– 1 cálice de rum escuro
– 1/2 colher de café de vanilina
– Cacau escuro

Preparação:

Na batedeira, juntar as gemas, o açúcar e a vanilina e deixar bater durante 15 minutos. Juntar o “mascarpone” e, com a velocidade mais baixa, deixar incorporar bem até o preparado ficar completamente liso e sem grumos.

Preparar o café e deixar arrefecer.

Bater as claras com a velocidade no máximo. Quando estiverem bastante subidas, e com a batedeira sempre no máximo, incorporar o açúcar às colheradas. Devem ficar bem rijas.

Verter o preparado com “mascarpone” numa tigela, regar com rum aos poucos e, com uma colher de pau, envolver delicadamente. Quando o rum estiver todo incorporado, juntar as claras em castelo e, com movimentos de baixo para cima, envolver delicadamente até as claras desaparecerem por completo.

Pôr o café num prato fundo e molhar o palito de cada vez, nem muito nem pouco. Ir colocando os palitos no fundo de um pirex ou de uma taça grande, por exemplo. Quando o fundo estiver coberto por uma camada de palitos, verter umas colheradas de creme, de modo a tapá-los a todos.

Voltar a fazer uma outra camada de palitos, sempre molhados em café.

Desta vez com um saco pasteleiro com uma boquilha frisada, cobrir os palitos a gosto.

Guardar no frigorífico a uma temperatura não superior a 5º.

Pode ficar assim dois ou três dias à vontade, chegando mesmo a ser melhor, porque tem mais tempo para ganhar textura e os sabores misturam-se.

Quinze minutos antes de servir, polvilhar ligeiramente com cacau escuro com a ajuda de um passador de malha muito fina.

“A cozinha é uma arte que só atinge a perfeição quando protege a saúde” [Io Appolloni]

Consulte o site da Appolloni Doçaria Artesanal em http://www.appolloni.pt

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub