iliving&trends

Raw Food – Um estilo de vida

Muitos olham para uma salada fresca como refeição ligeira ou como opção de acompanhamento para um prato mais substancial. E quantos se decidirão por uma refeição totalmente crua, isto é, não cozinhada?
Versão para impressão
Sim, raw food significa isso mesmo – comida crua –, apelidada pelos seus seguidores de alimentação viva. Mais do que uma opção alimentar, a raw food é um estilo de vida.

Captura de ecrã 2016-05-31, às 11.02.32

Captura de ecrã 2016-05-31, às 11.02.22Captura de ecrã 2016-05-31, às 11.02.16Recomendados por grande parte dos nutricionistas, e com cada vez mais adeptos, os alimentos “vivos” não têm quaisquerconservantes e aditivos e são ricos em enzimas e vitaminas, que não se perdem com o cozimento habitual, ajudando-nos na digestão e na absorção de nutrientes.

Se bem quenão tem de comer tudo cru e/ou frio, a filosofia raw permite aquecer os alimentos entre os 47ºC a 50 ºC — temperaturas máximas que as mucosas da boca suportam.

No The Cru, em Oeiras, o lema “Viva Feliz” é alcançado comcomida orgânica, crua e saudável. Contam-se mais os nutrientes do que as calorias e, seguindo a orientação deuma naturopata, os wrepes, smothies, snacks, saladas, sopas, e sobremesas são totalmente biológicas, sem lactose e açúcares refinados. Um espaço com opções saudáveis que acaba de ser classificado pela Direção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural como o primeiro e único restaurante biológico certificado em Portugal Continental.

Capaz de aumentar o nível de energia e de prevenir determinadasdoenças, o conceito raw food também é seguido por Alessandra Miranda, do La Contessa – Carpaccio House, emCascais. Selecionando produtos 100% frescos e naturais, o espaço desafia o paladar a experimentar carpaccios de novilho, salmão, atum, polvo e outros sazonais; tártaros de carne, salmão, atum e camarão; e ceviches de corvina, camarão e vieiras. Mas ainda não se imagina a optar por um prato cru? NoLa Contessa tem sempre as piadinas e sanduíches quentes de rosbife, frango, porco ou presunto.

Apesar de causar estranheza inicial, a raw food tem mais benefícios do que riscos associados. Ficou curioso? Não há nada como experimentar!

// www.thecru.pt

// www.facebook.com/lacontessacarpacciohouse

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub