Inovação e Tecnologia

Radiodifusão: Alemães vão usar plataforma lusa

NULL
Versão para impressão
Um projeto desenvolvido por dois alunos portugueses da Escola Superior de Tecnologia de Castelo Branco (ESTCB) fascinou os responsáveis do Instituto para a Radiodifusão Alemã (Institut für Rundfunktechnik – IRT) , que querem utilizá-lo no país e já ofereceram contrato de trabalho a um dos jovens.

Hugo Esteves e Pedro Duarte, recém-licenciados em Engenharia Eletrotécnica e das Telecomunicações, criaram uma plataforma online de agendamento do espetro rádio que planeia, automaticamente, as frequências usadas pelas equipas de som e imagem durante eventos como concertos e espetáculos, o que garante a inexistência de interferência entre os equipamentos no terreno.

A convite de um dos orientadores do projeto, Hugo Esteves apresentou este mês o projeto em Munique, durante um congresso internacional, e atraiu a atenção da indústria graças à capacidade da plataforma de automatizar um processo hoje realizado manualmente.

Graças às características inovadoras do trabalho dos investigadores portugueses, o Instituto para a Radiodifusão Alemã ofereceu mesmo um contrato profissional a Hugo Esteves,  convidando-o a desenvolver a plataforma em terras germânicas, avança o site oficial do IPCB.

O jovem mostrou-se muito satisfeito com a possibilidade de apresentar o trabalho conjunto, que considera “uma prova de que em Castelo Branco se produz do melhor”, fora das fronteiras nacionais.

Entretanto, o projeto, que, segundo o IPCB, “ultrapassou claramente as expectativas”, continua a ser promovido com a ajuda dos orientadores junto de órgãos da Comissão Europeia e Reguladores de alguns países.

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório