Gastronomia

Quinzena do Porco Preto na Casa do Bacalhau

Pode parecer uma aposta estranha vinda de um restaurante especializado em peixe. Mas a Casa do Bacalhau, em Lisboa, ficou seduzida com a excelência da carne produzida por Joaquim Arnaud pelo que promove, até 8 de Junho, a Quinzena do Porco Preto.
Versão para impressão

Pode parecer uma aposta estranha vinda de um restaurante especializado em peixe. Mas a Casa do Bacalhau, em Lisboa, ficou seduzida com a excelência da carne produzida por Joaquim Arnaud pelo que promove, até 8 de Junho, a Quinzena do Porco Preto Alentejano.

Durante esta quinzena, cada cliente pode optar por fazer a sua combinação das diversas opções ou por escolher um dos quatro menus completos de carne de porco preto alentejano que incluem entradas, um enchido ou paleta, um prato principal, uma sobremesa e café por um valor que varia entre os 22 e os 27 euros.

Para garantir a excelência da sua carne, os animais da raça porco preto alentejano produzidos por Joaquim Arnaud têm um tratamento especial: são criados em liberdade, comendo bolota durante duas épocas, o que os obriga a estarem em movimento na busca de alimento. O resultado é uma carne com um sabor excepcional e saudável, pois é rica em ácido oleico.
 
A desmancha da carne é artesanal e a cura das carnes dos enchidos é feita de um modo especial, que evita os efeitos cancerígenos do fumo da madeira. A cura da paleta é feita pelo frio natural durante 21 meses em Fregenal de la Sierra e a cura dos enchidos é também realizada pelo frio nas grutas na serra de Aracena.
 
Além da carne de porco preto alentejano, a Terranagro, a Casa Agrícola da família Arnaud, produz carne, vinho e azeite em Pavia e Arraiolos. Os produtos podem ser encomendados diretamente ao produtor (através do email terranagro@gmail.comou adquiridos no Club Gourmet do Corte Inglês de Lisboa.
 
Menu Harmonias ComProvadas já disponível
 
N’A Casa do Bacalhau está também disponível, a partir desta semana, o menu “Harmonias ComProvadas”, que apresenta quatro pratos de bacalhau e o famoso leite-creme em cesto de massa brick semi-salgada.
 
Cada prato é servido com um copo do vinho que ganhou cada uma das provas do projeto Harmonias ComProvadas. Este projeto, pioneiro em Portugal, pretende incentivar o gosto pela ligação harmoniosa entre o vinho e a comida; promovendo também os produtos de excelência da gastronomia e da área vinícola portuguesa.
 
O projeto, implementado pela assessora gastronómica Alexandra Maciel, arrancou em Outubro de 2011 e inclui a realização de 50 provas de harmonia entre pratos tradicionais portugueses e vinhos portugueses que, depois, vão dar origem a um livro a editar no final de 2012.

Clique AQUI para aceder ao Facebook da Terranagro e AQUI para saber mais sobre o projeto Harmonias ComProvadas.

 

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub