Ambiente

Qualidade do ar interior: UE financia FEUP

750 mil euros é o valor total do financiamento aplicado pela Comissão Europeia no Instituto de Engenharia Mecânica da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (IDMEC-FEUP), para a realização de projetos de investigação no âmbito da qualidade
Versão para impressão
750 mil euros é o valor total do financiamento aplicado pela Comissão Europeia no Instituto de Engenharia Mecânica da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (IDMEC-FEUP), para a realização de projetos de investigação no âmbito da qualidade do ar interior.

Nos próximos três anos, o IDMEC irá desenvolver estudos sob quatro grande áreas temáticas: “Qualidade do Ar Interior nas Escolas”, “Política de Qualidade do Ar Interior”, “Ventilação e Qualidade do Ar Interior” e “Produtos de Consumo e Qualidade do Ar Interior”.

Em nota de imprensa, a instituição de ensino do Porto sublinha que “a maior parte das pessoas, na nossa sociedade, passa cerca de 90% do tempo em espaços confinada (o local de trabalho, os transportes, a casa onde habitam e os espaços de lazer), o que torna o problema da qualidade do ar interior uma questão fundamental de saúde pública nos dias de hoje”.

O trabalho será coordenado por Eduardo Oliveira Fernandes e desenvolvido pelo Laboratório de Qualidade do Ar Interior (LQAI), uma infraestrutura única no país que apoia o desenvolvimento de produtos limpos da indústria nacional, nomeadamente da indústria corticeira para o mercado internacional.

Além do IDMEC-FEUP, cerca de outros 40 parceiros de 24 Estados membros da União Europeia foram igualmente financiados pelos fundos comunitários europeus, com o intuito de desenvolverem investigações na mesma área científica.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório