Cultura

Quadro de Julião Sarmento vendido por 37 mil euros

Um quadro de Julião Sarmento foi vendido no sábado em Nova Iorque por 37 073 euros (50 000 dólares) durante um leilão com obras da coleção Lehman Brothers, cuja falência em 2008 marcou o início da crise financeira mundial.
Versão para impressão
Um quadro de Julião Sarmento foi vendido no sábado em Nova Iorque por 37 073 euros (50 000 dólares) durante um leilão com obras da coleção Lehman Brothers, cuja falência em 2008 marcou o início da crise financeira mundial.

“Where Speech Could Have Been Transcrible”, como se intitula a obra do pintor português, é um acrílico, grafite e carvão em tela, pintado e datado de 2001, cuja estimativa de venda se situava entre os 30 mil e os 40 mil euros.

Questionado pela agência Lusa sobre a venda da sua obra e o valor que esta atingiu, o pintor disse apenas: “Acho bem que em vez de ter sido vendido para especulação o tenha sido para algo de útil”.

As receitas do leilão, realizado pela Sotheby´s, destinam-se ao pagamento a credores da Lehman Brothers entre os quais, diz a Lusa, se encontram instituições portuguesas como o Grupo Espírito Santo (que reclama 240 milhões de euros) e o Ministério das Finanças, através do Instituto de Gestão de Tesouraria e do Crédito Público.  

A obra do pintor português, nascido em Lisboa em 1948, integrava um lote de 160 obras daquela instituição bancária norte-americana.

A coleção de arte contemporânea, adquirida pelo Lehman Brothers em 2003, inclui muitos artistas consagrados, de Andy Warhol a Richard Prince, passando por Gerhard Richter, Anish Kapoor e Olafur Eliasson.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório