Sociedade

Psiquiatra português distinguido nos Estados Unidos

O psiquiatra português Luís Duarte Patrício vai ser distinguido pela Associação Americana para o Tratamento de Dependência de Opiáceos. A instituição está reunida numa conferência internacional, em Filadélfia, nos Estados Unidos, até quarta-feira.
Versão para impressão
O psiquiatra português Luís Duarte Patrício vai ser distinguido pela Associação Americana para o Tratamento de Dependência de Opiáceos (AATOD, sigla em inglês). No total, serão distinguidos oito profissionais da área da toxicodependência, sendo que o médico português é o único estrangeiro.

Em conjunto com outros investigadores, o português vai receber, esta terça-feira, o Nyswander – Dole Award, um prémio de reconhecimento “pelo extraordinário serviço no tratamento de opiáceos e pelo contributo para melhorar a vida dos pacientes”, revela a agência Lusa.  

 
A instituição está reunida numa conferência internacional, em Filadélfia, nos Estados Unidos, até quarta-feira. Além do médico português, serão distinguidos na conferência, na qual Luís Patrício fará uma intervenção oral, mais sete médicos norte-americanos. 

Citado pela Lusa, Luís Patrício afirma que partilha o galardão com “os profissionais que trabalham diariamente e diretamente com os seus doentes (…) para os ajudar a recuperar a autonomia”.

O psiquiatra português teve um importante papel no tratamento da toxicodependência em Portugal. Luís Patrício foi co-fundador e diretor do primeiro Centro de Atendimento a Toxicodependentes (CAT), mais conhecido como Centro das Taipas, em Lisboa. Atualmente, dirige a Unidade de Aditologia e Patologia Dual da Casa de Saúde de Carnaxide. 

 
O Nyswander – Dole Award é atribuído desde 1983. A conferência da associação americana é anual e ocupa sempre uma cidade diferente dos EUA.
 

Notícia sugerida por Maria Pandina 

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub