Em Destaque Sociedade

PRP e Essilor lançam estudo nacional inédito sobre a visão dos condutores

Avaliar as funções visuais necessárias para a condução.
Versão para impressão

A Prevenção Rodoviária Portuguesa e a Essilor vão realizar um estudo nacional inédito sobre as funções visuais dos condutores portugueses. A acção é lançada na apresentação dos candidatos ao troféu Essilor Carro do Ano 2018, dias 2 a 4 de fevereiro, em Cascais (junto ao Hotel Baía).

Os participantes no estudo da PRP vão realizar um rastreio visual, que avalia as funções visuais necessárias para a condução (de acordo com as normas para a condução de um veículo a motor, definidas no Regulamento da Habilitação Legal para Conduzir). Os participantes respondem ainda a um questionário sobre os hábitos de condução e sobre a sua eventual participação em acidentes rodoviários.

Este é o primeiro estudo deste tipo a ser feito em Portugal, e após o primeiro piloto em Cascais, será realizado a nível nacional durante o primeiro semestre de 2018.

Durante o evento – aberto ao público em geral – a Essilor convida todos a realizar um rastreio visual, totalmente gratuito, além de poderem conhecer mais sobre as recentes soluções em lentes para condução. Existirão também surpresas para os mais pequenos e ações de sensibilização para os efeitos nocivos do álcool e da fadiga na condução.

A Essilor tem apostado forte na inovação nesta área pois pretende aumentar a segurança de todos na estrada através de uma visão correctamente corrigida e livre de reflexos. As soluções Essilor visam melhorar a vida de todos os intervenientes na condução, sejam condutores ou conduzidos, profissionais ou condutores do dia-a-dia.

Alain Areal, diretor-geral da PRP, realça que a visão dos condutores pode degradar-se com o passar do tempo, ao ponto de ficar abaixo dos mínimos legalmente exigidos e colocar em causa a segurança rodoviária.

Gonçalo Barral, diretor-geral da Essilor Portugal, reforça que “tendo por base estudos internacionais sabemos que perto de 25% dos condutores circula mal-corrigido ou mesmo não corrigido e cerca de 60% dos acidentes de viação podem estar relacionados com má visão ou baixa acuidade visual. Há aqui um risco iminente para todos nós e uma oportunidade clara para a Essilor agir dada a nossa responsabilidade como líderes do sector da óptica em Portugal.”

Em Portugal, não existem dados sobre o número de condutores que conduzem nestas condições. Por este motivo, a iniciativa da PRP e da Essilor vai permitir quantificar o problema.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub