Ambiente

Projeto inovador português recicla escovas de dentes

Com o objetivo de promover, ao mesmo tempo, a saúde oral e o ambiente, José Pedro Gomes, de 25 anos, criou o projeto pioneiro RED Projet que, desde Março, reciclou já mais de 400 escovas dentárias.
Versão para impressão
Numa era em que a reciclagem é uma prática comum para muitos cidadãos, um jovem higienista oral português começou a questionar-se por que razão não se reutilizavam ainda as escovas de dentes usadas. Com o objetivo de promover, ao mesmo tempo, a saúde oral e o ambiente, José Pedro Gomes, de 25 anos, criou o projeto pioneiro RED Projet que, desde Março, reciclou já mais de 400 escovas dentárias, evitando que estas acabassem entre o lixo indiferenciado.
 
por Catarina Ferreira
 
“A sustentabilidade em todas as áreas é urgente e eu, que me dedico a uma profissão que promove a saúde oral, comecei a pensar em que medida poderíamos ser 'verdes'. Comecei a interrogar-me, ao olhar para a escova, porque é que estes objetos não eram reciclados, se para mim, que não percebia nada de plásticos e lixo, a ideia era passível”, conta o jovem nascido em Braga mas residente no Montijo, em entrevista ao Boas Notícias.
 
Depois de muita pesquisa, o higienista, licenciado pela Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa, ficou a saber que as escovas não elétricas poderiam ser depositadas no lixo indiferenciado para incineração com vista a “produzir energia elétrica” ou “ser aterradas”, mas que havia já ativistas ambientais preocupados com a reutilização destes objetos. 
 
“Apercebi-me que se tratava de uma ideia inovadora e decidi começar a trabalhar no sentido de a concretizar”, revela José Pedro ao Boas Notícias. “Comecei a juntar escovas de dentes, pedindo a amigos, e a pesquisar fábricas de plásticos. Quando juntei cerca de 50 escovas, marquei uma reunião e dirigi-me à [empresa] Crokplastic – Reciclagem e Transformação de Polímeros Lda.”


José Pedro Gomes foi o primeiro a reciclar a sua escova numa farmácia do Montijo
 

A ideia foi apresentada e o desafio foi aceite pela fábrica, que se propôs criar um método inovador para reciclagem destes objetos. O RED Projet constituiu-se em Janeiro deste ano e, a 1 de Março, deu-se o lançamento oficial. Atualmente, as escovas só podem ser entregues no ponto de recolha da farmácia Borges da Cruz, no Montijo, que se associou ao projeto, permitindo que ali decorresse a fase piloto, mas por pouco tempo.
 
“Muito em breve os Escovões [o género de 'ecopontos' em que são recolhidas as escovas] estarão numa farmácia perto de todos para que seja possível a sua reciclagem e para que quem contribuir possa usufruir de descontos que estejam associados em determinado período à aquisição de uma escova nova”, promete este jovem empreendedor.

Português quer levar o projeto a outros continentes
 

Embora, por agora, a reciclagem esteja circunscrita a uma área limitada, já foram recolhidas “374 escovas manuais e 27 escovas elétricas”, desvenda José Pedro ao Boas Notícias. Graças à colaboração da Crokplastic, que, assim, se tornou parceira do projeto, os materiais que as compõem são, depois, separados e “reutilizados na manufatura de outros itens”, como baldes, cestos ou caixas de plástico.
 
“Podemos dizer, sem sombra de dúvidas, que o RED Projet está a ter sucesso. Temos sido convidados para os mais variados eventos de promoção da saúde nas crianças e também nos mais crescidos por meio de workshops”, congratula-se o mentor da iniciativa.

No Facebook, a página oficial do projeto soma mais de 1.000 gostos “e cerca de meio milhão de visualizações” e o RED Projet já chegou, até, aos 'ouvidos' do país vizinho, depois de uma entrevista dada pelo seu criador à publicação espanhola Saludentaria.
 

Futuramente, José Pedro Gomes pretende “alcançar outros continentes” e espalhar “a boa prática verde de reciclagem da escova de dentes a outras culturas e povos”, com vista, não só “à promoção da saúde oral individual, mas também à preservação do meio ambiente, na medida em que, ao reciclar, prevenimos a poluição por outros processos de escoamento de matérias menos ecológicas”. 
 
“Temos múltiplas ideias para o futuro e queremos que este projeto vanguardista, ambiental, sustentável e atuar permita fazer com que se torne de ordem cultural e cívica a reciclagem da escova de dentes”, afirma o jovem. “Esperamos conseguir contribuir para a preservação ambiental e que a conjuntura presente nos possibilite ir mais longe”, conclui.

Clique AQUI para aceder à página oficial do RED Projet no Facebook e saber mais sobre este projeto.

Notícia sugerida por Ana Zaida Silva

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub