Mundo

Professor reenvia a alunos cartas escritas há 20 anos

Um professor canadiano acaba de cumprir a promessa que fez aos seus alunos, há 20 anos, enviando-lhes cartas que tinham escrito a si próprios quando eram ainda adolescentes.
Versão para impressão
Um professor canadiano acaba de cumprir a promessa que fez aos seus alunos, há 20 anos, enviando-lhes cartas que tinham escrito a si próprios quando eram ainda adolescentes. Surpreendidos, os alunos dizem sentir-se “honrados” e “agradecidos”.
 
Em 1994, como parte de um exercício da disciplina de Inglês, o professor Bruce Farrer pediu aos seus alunos que escrevessem cartas ao seu ‘eu’ do futuro, quando já seriam adultos. Na altura, prometeu que lhes reenviaria as cartas mais tarde, quando tivessem crescido.
 
O professor guardou as cartas ao longo destes 20 anos e, agora, localizou os seus antigos estudantes e reenviou-lhes os documentos por correio.
 
Após esse primeiro exercício de 1994, o professor continuou a fazer o mesmo exercício nos anos seguintes. Este foi o primeiro ano em que reenviou as cartas, mas Bruce Farrer tem ainda cinco caixotes com correspondência dos seus antigos alunos para reenviar.
 
Hoje em dia Scott Fulton, um dos alunos que recebeu a sua própria carta vinda do passado, também é professor. Quando recebeu o documento, Scott lembrava-se ainda do exercício mas já não recordava o que tinha escrito.
 


Na carta, o antigo aluno perguntava ao seu ‘eu’ adulto se era casado e se tinha tirado o curso de medicina desportiva. Na realidade, Fulton ainda não casou e seguiu a área da educação. 
 
“Receber (esta carta) ao fim destes anos foi muito especial”, disse o aluno ao site do programa Morning Edition, do canal canadiano CBC. “Sinto-me honrado e agradecido”, rematou o ex-aluno.
 
Notícia sugerida por Maria da Luz

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub