Sociedade

Poupança: Lisboa corta nas iluminações de Natal

NULL
Versão para impressão
Este ano, o Natal lisboeta vai ser menos luminoso, tudo por uma questão de poupança. Devido aos constrangimentos orçamentais, a Câmara Municipal de Lisboa (CML) vai optar por colocar luzes de Natal apenas nas ruas mais importantes da capital.

O vereador José Sá Fernandes avançou ao Diário Económico que a CML “não vai abrir qualquer concurso para as iluminações de Natal” por culpa dos custos elevadíssimos que a decoração tradicional da época natalícia comporta para a autarquia e que não podem ser suportados em tempo de crise.

Sá Fernandes adiantou que, em compensação, a Câmara está a preparar “alguns episódios, que envolvem artistas” para celebrar o Natal, assunto que está a ser tratado pessoalmente pelo presidente António Costa.

Entretanto, o presidente da Associação de Dinamização da Baixa Pombalina disse também ao jornal Correio da Manhã que, de facto, “não vai haver luzes com a dimensão de anos anteriores nas principais ruas” da zona histórica.

No entanto, Manuel Lopes deixou saber que “a Câmara está a estudar a colocação de iluminação em alguns pontos mais simbólicos como o arco da Rua Augusta ou o Rossio”.

[Notícia sugerida por Raquel Baêta]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório