i9magazine

Portugueses são líderes mundiais em compras transfronteiriças

Versão para impressão

As compras online parecem ser uma tendência em ascensão, já que se prevê que os gastos nesta forma de consumo cresçam até aos 2,65 mil milhões de euros em 2017, atingindo quase 3 mil milhões de euros (2,95 mil milhões) em 2018.

Crescimento em e-commerce

O Estudo PayPal sobre Consumidores Transfronteiriços 2016 revela ainda oportunidades em crescimento para e-commerce, na medida em que 40% dos adultos que fizeram compras online no último ano afirmam aumentar os seus gastos por via digital nos próximos 12 meses.

Quando inquiridos sobre o motivo para isso, a principal razão apontada é a conveniência das compras eletrónicas – escolhida por 75% daqueles que pensam que os seus gastos irão aumentar. Fatores como “pretendo poupar dinheiro” (selecionada por 28%); “alterações no rendimento disponível” (25%) e preverem que os envios se tornem mais baratos (23%) e rápidos (18%) são outros dos fatores apontados.

Dentro do e-commerce, o setor em que se prevê um maior crescimento (na ordem dos 26%) em 2017 é o de Mercearia, Comida e Bebidas, seguido de Produtos para Bebés e Crianças, com um aumento de 19%. As Atividades de Tempos Livres e Hobbies, bem como Saúde & Beleza, poderão ter um crescimento de 13% em gastos online no próximo ano; Moda e Beleza, ambos com previsões de crescimento de 12%; Itens para o lar, 11% e Viagens e Transportes com 10%.

80% das compras internacionais realizadas em Portugal são feitas através de um computador, com os portugueses que fazem compras internacionais a afirmarem que apenas 11% destas compras, em média, são efetuadas usando um smartphone; seis por cento usando um tablet e três por cento outros aparelhos.

Os compradores internacionais europeus entrevistados afirmam que, em média, 81% das compras transfronteiriças nos passados 12 meses foram feitas através de um computador. Nos Estados Unidos da América, 76% foram efetuadas através destes aparelhos, enquanto o número baixa para os 60% na região de Asia-Pacífico, onde 40% foram efetuadas recorrendo a outros aparelhos. Os smartphones foram usados, em média, 27% nas compras internacionais, seguidos pelos tablets que perfazem 10% destas compras.

Portugal é o país líder em compras transfronteiriças

De todos as 32 nacionalidades estudadas, os portugueses são aqueles com maior probabilidade de fazer compras fora do país, já que 87% dos compradores online afirmam ter feito compras transfronteiriças nos últimos 12 meses. No outro lado da tabela, o Japão foi o país com a menor incidência de compras internacionais, a maioria – 95% dos compradores online – apenas fez compras domésticas.

O método de pagamento mais popular para transações transfronteiriças foi o PayPal, usado por 84% dos compradores no último ano. Os fatores-chave que determinam a escolha do método de pagamento favorito são segurança – 58% selecionou “um método seguro para pagar” como a razão para preferência; “uma forma conveniente de pagar” – com 49%; e “o pagamento é processado rapidamente”, com 47%. Outras razões mencionadas foram “aceite pela maioria dos retalhistas”, com 46%; “não ter que partilhar dados financeiros com o vendedor”, com 43% e proteção de compra com 41%.

Reino Unido, China e Espanha são os países onde os portugueses mais compram

Para os compradores online portugueses, o Reino Unido é o país mais popular para compras eletrónicas internacionais, isto porque 42% de todos os compradores online inquiridos afirmou ter comprado em websites britânicos nos passados 12 meses, logo seguidos da China, com 41%, e Espanha, com 38% e, em quarta posição, os EUA com 23%. Estes resultados são algo semelhantes aos resultados globais em que a China aparece no topo, com 21% de todos os compradores online a afirmarem que fizeram uma compra da China, seguida dos EUA, com 17% e do Reino Unido, com 13%.

“Esta pesquisa revela dados muito interessantes sobre os hábitos dos consumidores online portugueses para além de ser possível retirar conclusões para os nossos retalhistas domésticos para perceber porque é que os consumidores estão a fazer compras internacionais e não locais” sublinhou o Head of Sales at PayPal Portugal, Miguel Fernandes.

O conteúdo Portugueses são líderes mundiais em compras transfronteiriças aparece primeiro em i9 magazine.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub