Negócios e Empreendorismo

Portugueses criam cerveja que faz bem à saúde

NULL
Versão para impressão
Dois investigadores da Universidade do Minho (UM) criaram uma cerveja “100% natural e artesanal” que faz bem à saúde. “É um conceito inovador em Portugal, que acreditamos que tem viabilidade”, contaram os doutorandos em soluções para a indústria da experimentação e para a indústria cervejeira à agência Lusa.
 
De acordo com Francisco Pereira, um dos mentores do projeto, esta cerveja “não é filtrada, ou seja, contém a própria levedura, sendo assim uma fonte de sais minerais, vitaminas e compostos para a regulação do nosso organismo”. Uma vez que não tem químicos nem conservantes, é, no fundo, uma cerveja saudável.
 
Em breve, o investigador irá abrir, juntamente com o colega Filipe Macieira, um restaurante “muito perto de Braga”. Nesse espaço haverá uma “mini-fábrica de cerveja 100% natural, feita exclusivamente com cereais de produção biológica” para ser servida aos clientes.
 
Entretanto, Francisco Pereira e Filipe Macieira já inauguraram uma empresa conjunta capaz de produzir cerca de 300 litros de cerveja por mês. A bebida é vendida em garrafas de 0,75 litros, com rolhas de cortiça a três euros e meio cada.
 
Os tipos de cerveja desenvolvidos até ao momento pelos investigadores são cinco, entre elas a cerveja de trigo, ao estilo alemão, a “belgian ale”, que, com 10% de álcool, é a mais forte e a “pilsner” checa, a mais leve de todas.
 
A mais bem recebida pelo público tem sido a cerveja de trigo, mas os dois portugueses asseguram que a produção mensal é escoada “em poucos dias”, o que demonstra a “grande aceitação” do produto.
 
Além de as venderem no seu próprio restaurante, Francisco Pereira e Filipe Macieira esperam também vir a disponibilizá-las no mercado futuramente.
 
[Notícia sugerida por Vítor Fernandes e Maria Manuela Mendes]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório