Sociedade

Portuguesa reconhece-se em foto famosa dos anos 60

NULL
Versão para impressão
Nos anos sessenta, um conhecido fotógrafo francês de origem haitiana, Gérald Bloncourt, imortalizou em película de fotografia a imagem de uma menina com uma boneca na mão, num bairro de lata de Paris. 45 anos depois, a menina reconheceu-se na imagem. Chama-se Maria da Conceição e é professora em Coimbra.

A história é relata numa reportagem da autoria de Patrícia Carvalho, no suplemento P2 do jornal Público desta semana, e está a ser divulgada em alguns meios de comunicação da imprensa espanhola como o jornal El Pais.

A imagem da menina percorreu o mundo e chegou mesmo a ser exibida, em 2008, na exposição “Por uma Vida Melhor (no museu Berardo, em Lisboa), da autoria de Bloncourt e dedicada aos milhares de emigrantes portugueses que na década de 60 tentaram a sua sorte em França.

Intrigada com a imagem onde se reconhecia (apesar de não recordar o momento da fotografia), este ano, Maria da Conceição quis confirmar se seria mesmo ela a menina fotografada. Foi até Paris, encontrou-se com o fotógrafo, e (re)confirmou a sua identidade, identificando o bairro de lata de Saint-Denis onde vivia com o seu pai, a sua mãe e o irmão.

E assim, 45 anos depois, Bloncourt ficou a conhecer a identidade da menina de uma das suas fotografias preferidas, e Maria da Conceição ficou também a saber um pouco mais sobre o seu próprio passado e o de outros emigrantes que Bloncourt acompanhou tão de perto.

Maria da Conceição Tina, natural de Vila Nova de Foz Côz, já não vive num bairro de lata. Hoje, com 52 anos, é professora de português e francês, em Coimbra, é casada e tem três filhos.

Clique AQUI para ver o catálogo da exposição “Por uma Vida Melhor”, que esteve em 2008, no Museu Berardo.

[Notícia sugerida por Alexandra Alves Luís]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório