Cultura

Portuguesa de 16 anos vence prémio em Israel e nos EUA

Sara Eustáquio, uma jovem portuguesa de 16 anos, viu o seu trabalho ser premiado em Israel e nos Estados Unidos. A realizadora foi distinguida internacionalmente pela sua primeira curta-metragem, "4242".
Versão para impressão
No espaço de um mês, Sara Eustáquio, uma jovem portuguesa de 16 anos, viu o seu filme de estreia ser premiado em Israel e nos Estados Unidos. A realizadora foi distinguida internacionalmente, em Junho, pela sua primeira curta-metragem, "4242".

O filme, concluído em Abril deste ano, foi aclamado no festival BestShorts, em Los Angeles, com uma menção honrosa, e no Festival Internacional de Cinema Near Nazareth, em Israel, com o prémio Júnior Revelação.

Em Outubro, "4242" vai integrar a seleção do Josiah Media Festival, no Texas.

A jovem foi ainda nomeada para o prémio de Melhor Estudante no Los Angeles Cinefest, um festival online onde a seleção de filmes é aprovada por especialistas da indústria norte-americana, além de ter sido aceite na Academia de Cinema de Nova Iorque.

O filme foi dirigido e montado pela adolescente, que contou com o apoio do pai – Vitor Eustáquio – na produção do filme e da sua banda sonora original. Sara Eustáquio também co-escreveu o argumento com Cristina Caldararu e Mae Margriet.

A curta-metragem foi inspirada na experiência da protagonista do filme, a moldava Cristina Caldararu, de 18 anos. Tanto a atriz como a realizadora frequentam a Escola Secundária Henriques Nogueira, em Torres Vedras.

As filmagens decorreram em Lisboa, Óbidos, Peniche e Torres Vedras.

Notícia sugerida por António Resende

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub