Saúde

Português preside à Hospitalização Privada da UE

O gestor português Teófilo Ribeiro Leite foi eleito quinta-feira, por unanimidade, presidente da União Europeia da Hospitalização Privada (UEHP), pelos representantes das associações nacionais deste sector, em congresso que decorreu em Berlim, avança
Versão para impressão
O gestor português Teófilo Ribeiro Leite foi eleito quinta-feira, por unanimidade, presidente da União Europeia da Hospitalização Privada (UEHP), pelos representantes das associações nacionais deste sector, em congresso que decorreu em Berlim, avança a agência Lusa.

É a primeira vez, nos 20 anos de existência da UEHP, que esta entidade – que representa mais de 4600 hospitais – será liderada por um português.

Até agora a presidência da organização tinha alternado entre os representantes da França e da Itália, as associações nacionais mais fortes, e que pagam a quota mais elevada.

Desta vez, porém, o congresso decidiu-se por Ribeiro Leite, “um profundo conhecedor do sector de saúde, um estratega, uma pessoa convincente, com ideias e conceitos”, disse à Lusa o representante da associação nacional alemã, Thomas Bublitz.

“Mais saúde na Europa para dar mais saúde à Europa”, será o lema do mandato de dois anos de Ribeiro Leite à frente da UEHP, revelou o gestor vimaranense à Lusa, na capital alemã.

Ribeiro Leite sublinhou que a UEHP representa hoje mais de 4600 hospitais privados, com mais de 750 mil camas e um milhão e meio de trabalhadores, destacando o “papel cada vez mais relevante” da hospitalização privada na Europa comunitária.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub