Sociedade

Português nas finais distritais de orquestra no Japão

Um português ajudou a sua orquestra a apurar-se para a final distrital de um concurso de orquestras de sopro, em Tóquio, no Japão. André Moreira, de 22 anos, é saxofonista e levou a Itabashi Wind Orchestra à próxima fase desta prestigiada competição.
Versão para impressão
Um português ajudou a sua orquestra a apurar-se para a final distrital de um concurso de orquestras de sopro, em Tóquio, no Japão. André Moreira, de 22 anos, é saxofonista e levou a Itabashi Wind Orchestra à próxima fase desta prestigiada competição.
 
Em Tóquio a estudar computação gráfica, André divide o tempo entre os estudos e a música. A sua prestação no passado dia 3 de Agosto, em pleno Nishiarai Cultural Hall, no Japão, permitiu à Itabashi Wind Orchestra chegar ao terceiro lugar do pódio entre um total de 43 grupos participantes.
 
O português contribuiu, assim, para a passagem do seu grupo para a próxima fase do concurso, onde será eleita a melhor orquestra de sopro da capital do Japão. O objetivo do jovem é, agora, chegar à fase final, que terá lugar em Fukuoka, na ilha de Kyushu, e que determinará a orquestra vencedora a nível nacional.
 
Em comunicado, a Embaixada de Portugal em Tóquio dá os parabéns a André Moreira pela notável prestação junto da orquestra japonesa que representa e que vai agora competir pelo título de melhor orquestra de sopro da capital do Japão.

Notícia sugerida por Maria Manuela Mendes

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub