Desporto

Português é campeão do mundo em maratonas BTT

Tiago Ferreira sagrou-se campeão do mundo em maratonas BTT (XCM) no início da semana em Laissac, na França. O atleta luso concluiu a prova em pouco mais de quatro horas, 19 segundos à frente do segundo classificado.

Tiago Ferreira sagrou-se campeão do mundo em maratonas BTT (XCM) no campeonato Roc Laissagais que decorreu no início desta semana em Laissac, França. 4h01m57s foi o tempo que o ciclista ao serviço da seleção portuguesa levou para percorrer o percurso de 90 quilómetros.

Atrás de Tiago Ferreira ficaram o austríaco Alban Lakata (prata) e o checo Kristian Hynek (bronze), este último a 56 segundos de Tiago Ferreira, que acumulou 3.130 metros de subida.

O português dominou toda a prova, primeiro num grupo numeroso e, depois, entre aqueles que se destacavam e foram mudando ao longo da corrida. No último ponto de assistência só o colombiano Héctor Paez seguia com o ciclista luso, mas ficou para trás à medida que Tiago Ferreira avançava para a meta.

“A dada altura o Hector Paez atacou na última subida e eu fui com ele. Sofri muito em alguns momentos, mas sabia que tinha de resistir. Na descida ele arriscou muito para me 'descarregar' e acabou por cair. Vi-me sozinho na frente, também acabei por cair, mas levantei-me de imediato e dei tudo até à meta", explica o campeão mundial de maratonas BTT.

A conquista marcou a segunda vez que um desportista português ganhou um mundial de elite (a outra medalha de ouro foi para Rui Costa, conquistada na estrada em 2013).

Luís Leão Pinto também representou a Seleção Nacional/Liberty Seguros, mas não conseguiu terminar a corrida. No setor feminino, a correr pelas respetivas equipas, Celina Carpinteiro foi 27.ª, a 37m06s, da vencedora, a suíça, Jolanda Neff, e Ilda Pereira foi a 40.ª, a 52m04s da primeira classificada.

Europeu, Mundial e Jogos Olímpicos

A prova decorreu apenas 21 dias depois de Tiago Ferreira ter conquistado a medalha de prata no Campeonato da Europa, que decorreu na Letónia (a medalha de ouro foi para o estoniano Peeter Pruus). O corredor vai agora representar Portugal nos Jogos Olímpicos, juntamente com David Rosa.

"Sentia-me muito bem e estava super motivado pelo segundo lugar no Europeu. De início, sabia que era preciso impor um ritmo alto. Consegui partir o grupo de atletas, até que ficámos cinco na frente”, acrescenta sobre a mais recente prova. 

"Foi uma corrida perfeita do Tiago, que fez uma gestão tática fantástica, cumprindo com todas as indicações. A prova desenrolou-se como queríamos e vivemos um dia espetacular, com dezenas de portugueses a comemorar a vitória na meta", diz Pedro Vigário, selecionador nacional.

Notícia sugerida por Nuno Silva

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório