Cultura

Português assina capa de aniversário da New Yorker

O designer e ilustrador Jorge Colombo assina a capa da edição do 89º aniversário da prestigiada revista norte-americana New Yorker. Com recurso a uma aplicação para iPhone, o português concebeu a silhueta da personagem Eustace Tilley através de peque
Versão para impressão
O designer e ilustrador Jorge Colombo assina a capa da edição do 89º aniversário da prestigiada revista norte-americana New Yorker. Com recurso a uma aplicação para iPhone, o português concebeu a silhueta da personagem Eustace Tilley através de pequenas janelas iluminadas num edifício.
 
“Eu não pinto o prédio, só pinto as janelas. Na verdade, são só quadrados às cores, mas o leitor é que visualiza o prédio na sua cabeça”, conta o artista na página online da New Yorker. 
 

A escolha do autor segue a tradição de há já várias décadas, de colocar sempre a mesma figura em destaque no aniversário da revista. A primeira edição da New Yorker, lançada a 21 de Fevereiro de 1925, exibia, na capa, uma ilustração de Eustace Tilley assinada por Rea Irvin, editor de arte. Oitenta e nove anos depois, eis que a mesma personagem surge, pela primeira vez, retratada com recurso a um iPhone.

Esta é a primeira vez que Jorge Colombo assina uma edição de aniversário da revista, apesar de já ter desenhado outras capas da publicação, sempre com recurso a ilustração digital. O designer português colabora com a New Yorker desde 1994, sendo que, nos últimos anos, tem trabalhado quase que exclusisamente com uma aplicação para telemóvel em que o visor se transforma numa tela e o pincel é o próprio dedo do utilizador.
 
Os resultados são imagens digitais que tendem a assemelhar-se a uma pintura impressionista e que, frequentemente, retratam paisagens urbanas, em particular de Nova Iorque, onde vive o ilustrador luso.
 
Jorge Colombo nasceu em Lisboa em 1963, vivendo há mais de vinte anos em Nova Iorque, nos EUA, que tem vindo a ser cenário recorrente em dezenas dos seus desenhos em aguarela, centrados em cidadãos anónimos e transeuntes com que se cruza naquela cidade. 

É autor da obra 'New York: Finger Paintings', publicada em 2011 pela Chronicle Books e co-autor do romance fotográfico 'Do grande e do pequeno amor', que criou juntamente com Inês Pedrosa. É ainda autor de 'Fullerton' (aguarelas) e 'Lisboa Revisitada', ilustrado por fotografias inspiradas em poemas de Álvaro de Campos.
 
Designer de vários livros e álbuns de música, entre os quais 'Fazes-me Falta', de Inês Pedrosa, e 'Ligação Direta' e 'O Irmão do Meio', de Sérgio Godinho, Jorgem Colombo foi diretor gráfico do jornal 'Independente' e do 'New City', em Chicago.

Notícia sugerida por Patrícia Guedes

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub