Saúde

Portugal vai ter Banco de Medicamentos para idosos

NULL
Versão para impressão

A medida “Banco de Medicamentos” consiste em fazer chegar aos mais idosos os medicamentos que estão a seis meses de chegar ao fim do prazo e que a legislação não permite que entrem no circuito comercial. A medida está incluída no Programa de Emergência Social (PES) apresentado a semana passada pelo Governo.
 
A distribuição dos medicamentos será feita “através de locais próprios e credenciados nas instituições sociais, com salvaguarda das regras legais de segurança”, lê-se no PES.
 
Segundo a agência Lusa, o ministro da Saúde explicou entretanto que a iniciativa é feita em colaboração com o Infarmed em termos de controlo de saúde e visa combater o desperdício de medicamentos que nunca entraram no circuito comercial.
 
Em reação, Associação Portuguesa da Industria Portuguesa (Apifarma) congratulou-se por estar associada ao Programa de Emergência Social (PES) e apontou como “essenciais” as medidas de apoio às pessoas mais carenciadas.

O Programa de Emergência Social, um dos compromissos previstos no acordo político assinado pelos dois partidos (PSD e CDS-PP) no Governo após as eleições de 5 de junho, foi apresentado sexta-feira passada pelo ministro da Solidariedade e da Segurança Social, Pedro Mota Soares, após uma visita ao Centro de Dia Rainha Santa Isabel, na Buraca, Amadora.
 
Com um custo de 400 milhões de euros no primeiro ano, o programa entra em vigor no final de setembro e vigorará até dezembro de 2014, devendo chegar a três milhões de pessoas e visando identificar as situações de resposta mais urgente.

[Notícia sugerida por Raquel Baêta]

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório