Saúde

Portugal tem 317 desfibrilhadores em espaços públicos

Já vai em 317 o número de Desfibrilhadores Automáticos Externos (DAE), licenciados pelo Instituto Nacional de Emergência Médica, que se encontram em locais públicos do país como aeroportos, bancos, casinos, centros comerciais, hipermercados e hotéis.
Versão para impressão

Já vai em 317 o número de Desfibrilhadores Automáticos Externos (DAE), licenciados pelo Instituto Nacional de Emergência Médica, que se encontram em locais públicos do país como aeroportos, bancos, casinos, centros comerciais, hipermercados e hotéis.

Esta cobertura resulta da promoção que o INEM tem vindo a fazer, desde 2010, para as diversas entidades aderirem ao programa DAE.

“Este projeto tem verificado um franco desenvolvimento, fruto também do empenho e preocupação de empresas e instituições que, com elevada responsabilidade social, consideram que o acesso aos DAE poderá ser uma importante mais-valia no reforço da cadeia de sobrevivência no nosso país”, afirmou o IMEM, em comunicado.

Segundo o INEM, a experiência internacional demonstra que, em ambiente extra-hospitalar, a utilização de desfibrilhadores por pessoal não médico aumenta significativamente a probabilidade de sobrevivência das vítimas de paragem cardíaca.

O DAE é um dispositivo portátil que permite, através de elétrodos adesivos colocados no tórax, analisar o ritmo cardíaco e recomendar ou não um choque elétrico.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório