Sociedade

Portugal registou mais 1.931 nascimentos em 2010

NULL
Versão para impressão
Em 2010 a taxa de natalidade voltou a crescer em Portugal – pela segunda vez nos últimos 10 anos – com mais 1.931 nascimentos em relação ao ano anterior. Os dados são do estudo Natalidade, Mortalidade infantil, fetal e perinatal 2006/2010, divulgado pela agência Lusa.
 
“Observou-se para Portugal um recrudescimento da taxa de natalidade para 9,5 nados-vivos por 1000 habitantes, correspondendo a mesma a um aumento de cerca de 1.931 nados vivos face aos valores do ano anterior”, referem os dados da DGS elaborados a partir de informação disponibilizada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Já em 2008 se tinha registado uma ligeira subida da natalidade relativamente ao ano anterior: de 9,7 de nados-vivos por 1000 habitantes para 9,8. Um valor que, no entanto, voltou a descer em 2009.
 
Segundo a DGS, registou-se um comportamento idêntico em quase todas as Regiões de Saúde, com excepções no Norte, que manteve a taxa de natalidade, e na Região Autónoma da Madeira cuja taxa diminuiu em relação a 2009.
 
Por distritos, o padrão observado foi muito semelhante ao das respetivas Regiões de Saúde tendo-se mantido a subida desta taxa, com exceção nos distritos de Braga e Guarda, que registou uma quebra, e nos de Leiria e Viseu onde esta se manteve nos valores do ano de 2009.
 
A mortalidade infantil apresentou uma diminuição de 3,6 para 2,6/1000 nados vivos (nv), o que representa um decréscimo de 1,0/1000 nv em relação ao ano 2009, resultante da observação de menos 103 óbitos infantis.
 
Em todas as Regiões foi consistentemente verificada a diminuição desta taxa excepto na Região Autónoma dos Açores.

Clique AQUI para aceder à evolução da taxa de natalidade em Portugal (através do Pordata).

[Notícia sugerida por Bruno Melo]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório