Sociedade

Portugal líder na redução da sinistralidade jovem

NULL
Versão para impressão
Portugal foi o país da União Europeia que mais reduziu os níveis de sinistralidade rodoviária entre jovens nos últimos anos. Os jovens continuam a ser as principais vítimas dos acidentes na estrada do espaço comunitário, perfazendo 30% do total de mortes registadas, quando são apenas 20% da população total.

Em Portugal, a sinistralidade entre jovens baixou de 606 mortos, em 2001, para 195 em 2010, o que representa uma diminuição de 12,3%. Isso significa que, entre os 27 países da UE, o nosso país foi o que registou a maior descida dos valores de sinistralidade.

A seguir a Portugal ficaram a Espanha e a Letónia também com reduções na ordem dos 12%. “Bons progressos também fizeram a Suécia, a Holanda e a Suíça, que se tornaram os países mais seguros em termos de jovens mortos na estrada no total de população jovem”, lê-se no relatório.

De entre os jovens, aqueles que requerem mais preocupação são os homens, já que as taxas de mortalidade neste género alcançam os 81%, em oposição ao sexo feminino que soma os restantes 19% dos casos.

Apesar da redução os números continuam a ser preocupantes. Só no ano passado morreram na União Europeia 9150 jovens vítimas de acidentes de viação. É importante criar medidas para aumentar a segurança e sensibilizar prioritariamente esta faixa etária. No relatório divulgado, o diretor executivo do ETSC refere como exemplo o aumento dos limites de álcool no sangue para quem conduz.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub