Ambiente

Porto: Parque da Cidade ganha seis hectares

Graças ao sucesso das negociações com as gasolineiras para o desmantelamento do parque petrolífero de Matosinhos Sul, o Parque da Cidade do Porto será alargado em seis hectares até 2012, conforme adiantou o presidente da Câmara de Matosinhos.
Versão para impressão
Graças ao sucesso das negociações com as gasolineiras para o desmantelamento do parque petrolífero de Matosinhos Sul, o Parque da Cidade do Porto será alargado em seis hectares até 2012, conforme adiantou o presidente da Câmara de Matosinhos.

Para o autarca de Matosinhos, o projeto “vai resolver um dos maiores problemas ambientais e de segurança de que há memória no concelho, que é a eliminação da armazenagem de produtos petrolíferos na zona sul de Matosinhos”, disse citado pelo Diário de Notícias.

No total são 12 hectares de terreno, mas apenas seis serão transformados em zona verde e de lazer. Os restantes destinam-se a habitação, em construções que em termos de volumetria terão uma continuidade com os empreendimentos que já existem em Matosinhos/Sul.

Ficou decidido depois das negociações que os 40 depósitos serão desmantelados e substituídos por outros nove inseridos no parque da refinaria de Leça da Palmeira.

O Parque da Cidade do Porto começou a ser construído em 1990 com autoria do arquiteto paisagista Sidónio Pardal. É, até agora, o maior parque urbano do país, com um total de 83 hectares e cerca de 10 km de caminhos.

[Notícia sugerida pelo utilizador Bruno Melo]

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub