Sociedade

Porto: ISEP ajuda jovens a gostar de matemática

Até Março de 2014, um grupo de docente do ISEP vai dar aulas gratuitas a várias turmas do ensino secundário das escolas do Porto.
Versão para impressão
“Matemática Fora de Horas” é um projeto do Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP) que quer ajudar os alunos “a fazer as pazes” com a matemática. Até Março de 2014, um grupo de docente do ISEP vai dar aulas gratuitas a várias turmas do ensino secundário das escolas do Porto. 

Direcionada para os alunos do 10º, 11º e 12º anos de escolaridade, a primeira aula acontece já no dia 12 de Dezembro, pelas 22h00, no ISEP, com uma turma da Escola Secundária do Cerco. 

Depois, todas as quintas-feiras à mesma hora, e até Março de 2014, os docentes do Departamento de Matemática do ISEP vão estar disponíveis para despertar em alunos de diferentes escolas o gosto pela matemática e motivá-los para as áreas científica e tecnológica. 


Em 90 minutos de aula, as turmas serão confrontadas com a importância da matemática na prevenção e resolução de problemas reais como estratégia para incentivar o gosto pela matemática e motivar os alunos para as áreas científicas e tecnológicas. Além disso, haverá um momento de convívio entre os participantes da aula e alunos do ISEP.

Matemática aplicada ao dia-a-dia

O “Matemática Fora de Horas”, que tem o apoio da Câmara Municipal, acontece depois do projeto “Matemática Fora de Portas” que decorreu entre Abril e Maio de 2013 e levou a matemática à Avenida dos Aliados e à Rotunda da Boavista, a 800 alunos das escolas do 2º e 3º ciclos e secundário do Porto. 

 
“O objetivo é fazer com que os alunos percebam que é possível alguns conteúdos escolares serem dados fora dos limites das salas de aula e, acima de tudo, perceberem que a matemática tem uma aplicação no dia-a-dia”, afirma em comunicado a vice-presidente da autarquia, Guilhermina Rego.
 
A iniciativa anterior, Matemática Fora de Portas, recebeu o prémio Inovação Pedagógica. Esta distinção aconteceu no âmbito dos “Prémios de Reconhecimento à Educação” que destacam entidades educativas e formativas cuja ação se evidencie ao nível do contributo que prestaram junto e para a comunidade educativa. Trata-se de um prémio atribuído pelo Ensino de Futuro 2013. 

Desde 1852 que o ISEP promove o ensino e investigação em Engenharia e é uma referência na formação de profissionais, destacando-se pela orientação para o mundo real. O instituto tem, atualmente, 6.750 estudantes, nove departamentos, onze licenciaturas, onze mestrados e seis pós-graduações. O ISEP distingue-se pela elevada empregabilidades dos seus diplomados que ronda os 95 por cento.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub