Sociedade

Porto: empresa quer recuperar 500 casas devolutas

A empresa Domus Social, gestora das habitações da Câmara do Porto, pretende recuperar cerca de 500 casas devolutas já no próximo ano, segundo a proposta de orçamento que será votada terça feira, em reunião do executivo, avança a agência Lusa.
Versão para impressão
A empresa Domus Social, gestora das habitações da Câmara do Porto, pretende recuperar cerca de 500 casas devolutas já no próximo ano, segundo a proposta de orçamento que será votada terça feira, em reunião do executivo, avança a agência Lusa.

Prevê-se que sejam investidos 15 milhões de euros nos bairros geridos pela Domus Social, incluindo o bairro do Lagarteiro e o bairro da Rainha D. Leonor, onde já arrancaram as obras de reabilitação.

Além disso, a manutenção de edifícios escolares receberá 2 milhões de euros, sendo que “parte significativa” da verba será canalizada para a “reabilitação profunda de algumas escolas do ensino básico”, informa o organismo num documento relativo aos instrumentos de gestão previsional para 2011-2013, a que a Lusa teve acesso.

Contudo, o ritmo das intervenções será “bem inferior ao de anos anteriores”, devido às restrições orçamentais e ao facto de o Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU) não ter aprovado a candidatura ao programa Prohabita.

Na reunião do executivo camarário, a ter lugar na próxima semana, serão ainda votadas as propostas de orçamento da Empresa Municipal Porto Lazer (4,9 milhões de euros), da Empresa Municipal Gestão de Obras Públicas (13,6 milhões de euros) e da Águas do Porto (8,4 milhões de euros).

[Notícia sugerida pela utilizadora Patrícia Guedes]

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub