Inovação e Tecnologia

Portal português reúne opiniões dos consumidores

Quantas vezes precisou de reservar um quarto de hotel ou uma mesa num restaurante e hesitou por não saber se os serviços em causa teriam qualidade? Foi para combater estas incertezas que surgiu um novo projeto português, o WeAdvice.
Versão para impressão
Quantas vezes precisou de reservar um quarto de hotel ou uma mesa num restaurante e hesitou por não saber se os serviços em causa teriam a qualidade pretendida? Foi para combater estas incertezas que surgiu, recentemente, um novo projeto português, o WeAdvice, que reúne num único portal a classificação dos clientes relativamente a todas as áreas de negócio.
 
Nuno Navalho, detentor de mais de 20 anos de experiência na área da gestão de empresas, é o rosto da nova companhia com sede em Telheiras, na capital portuguesa, criada no final do primeiro trimestre deste ano devido a uma “necessidade pessoal”.
 
“Muitas vezes contratei serviços sem saber se eram bons ou não. Por exemplo, como procuramos uma oficina de automóveis? Ou perguntamos aos nossos amigos ou fazemos uma procura pela oficina mais próxima de nós”, ilustra o empresário, que explica, em comunicado enviado ao Boas Notícias, que o conceito WeAdvice “nasce para colmatar uma lacuna, já que apenas existia este tipo de serviço para os hotéis”.
 
Trata-se, portanto, de um portal de aconselhamento de marcas, serviços e produtos, que pretende reunir num só espaço a opinião dos consumidores relativamente a hotéis, restaurantes, serviços, empresas, eventos, vestuários e novas empresas, entre outros.
 
Quem compra pode, desta forma, escolher as marcas ou empresas com melhores opiniões e, quem vende, ganha não só uma nova ferramenta para comunicar, mas também a possibilidade de melhorar os seus serviços. 

Relação facilitada entre empresas e clientes

 
Mas, afinal, como funciona a WeAdvice? De acordo com o seu criador, as empresas que aderem à plataforma recebem um tablet com uma classificação específica, que permite ao cliente classificar a qualidade do serviço prestado em poucos segundos, sendo a classificação colocada online em tempo real. Caso pretenda, o consumidor tem também a liberdade para escrever a sua opinião, que será publicada no site. 
 
Por seu lado, o responsável da empresa avaliada é avisado por e-mail de todas as opiniões que lhe dizem respeito e, caso existam comentários menos positivos, tem a hipótese de contactar o cliente na tentativa de solucionar o que correu menos bem na relação entre consumidor e fornecedor. 
 
A WeAdvice é, portanto, “uma trilogia de serviços: o portal, como um canal de divulgação para milhares de utilizadores da internet, o micro site da empresa que adere ao serviço, ideal para campanhas, lançamentos e promoções, por exemplo, e a loja online, que permite aos parceiros potenciar a venda direta”, resume Nuno Navalho.
 
Além da sede em Lisboa, a empresa tem também um espaço físico no Porto, mas a “estrutura humana” está já presente um pouco por todo o país, de modo a abranger companhias de todos os distritos. 
 
Embora tenha apenas arrancado em Abril, o projeto já conta com 90 empresas parceiras, sendo que todos os meses o número de parceiros tem vindo a aumentar. Para este mês está também prevista a abertura de uma loja online, a WeAdvice Store, adianta a empresa.
 
Como forma de incentivar as pessoas a aderir ao projeto, a WeAdvice deu-lhe um cariz solidário, apoiando, em virtude do número de adesões e opiniões, a Fundação Obra do Ardina (FOA), que acolhe crianças e jovens do sexo masculino com idades entre os 6 e os 21 anos que se encontram em situação de perigo.

Clique AQUI para aceder ao portal WeAdvice.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório