Mundo

Polícia portuguesa resgata bebé de 2 meses no Mar Egeu

A equipa da Polícia Marítima (PM), que se encontra na Ilha grega de Lesbos desde o dia 01 de outubro, resgatou este domingo, 38 emigrantes e refugiados, de um bote à deriva e no qual seguia um bebé com apenas dois meses.
Versão para impressão
A equipa da Polícia Marítima (PM), que se encontra na Ilha grega de Lesbos desde o dia 01 de outubro, resgatou este domingo, 38 emigrantes e refugiados, de um bote à deriva e no qual seguia um bebé com apenas dois meses.
 
O bebé era um dos passageiros de um bote com 38 refugiados que foi encontrado pelas equipas da missão europeia Poseidon Sea. Segundo revela a PM num comunicado, a bordo seguiam várias crianças e mais três bebés, além de duas mulheres grávidas. 

O bote estava à deriva há algumas horas devido a uma avaria no motor. A equipa da PM "deslocou-se imediatamente para junto do bote e decidiu resgatar, o mais rapidamente possível e em segurança, todas as pessoas para o interior da embarcação ARADE. Os emigrantes estavam muito nervosos e ansiosos. Estava muito vento e o mar estava muito agitado, o que dificultou a ação de resgate", revela a Polícia Marítima em comunicado.

 
No total foram resgatados 38 emigrantes e refugiados, dos quais quatro bebés e crianças, oito mulheres e 26 homens. Os refugiados vieram do Afeganistão, Eritreia, Etiópia, Iraque, Paquistão e Síria, sendo que o grupo contava com várias pessoas idosas e duas mulheres grávidas.
 

O bote onde seguiam, bem como todos os seus pertences, foi rebocado pela embarcação da Organização Não Governamental (ONG) presente no local.


Portugal já salvou a vida a mais de 3 mil refugiados

À chegada ao porto de Skala Sikaminea, onde todos desembarcaram em segurança, já se encontravam elementos da Guarda-costeira grega, da agência FRONTEX e de ONG que ajudaram no desembarque de emigrantes e refugiados.


A PM já resgatou, em segurança e transportou para terra, 3.532 refugiados e emigrantes que corriam risco de vida, dos quais 868 bebés e crianças e 766 mulheres, e deteve cinco facilitadores.

A equipa destaca na Grécia é composta por 11 Agentes da PM, 1 Técnico para o apoio e a manutenção das embarcações e 1 Técnico para a manutenção da componente elétrica e eletrónica da Viatura de Vigilância Costeira.

Notícia sugerida por Maria Pandina

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub