Sociedade

Plástico para dar cadeira de rodas a menina

Os pais de Ana Júlia, uma menina de 4 anos que sofre de uma doença rara neurodegenerativa, estão a juntar, com a ajuda da escola da filha, toneladas de plástico que esperam vender para reciclagem a fim de comprar uma cadeira de rodas, noticia o Jorna
Versão para impressão
Os pais de Ana Júlia, uma menina de 4 anos que sofre de uma doença rara neurodegenerativa, estão a juntar, com a ajuda da escola da filha, toneladas de plástico que esperam vender para reciclagem a fim de comprar uma cadeira de rodas, noticia o Jornal de Notícias.

Devido à perda rápida e progressiva das suas capacidade motoras, Ana Júlia, precisa agora de uma cadeira de rodas especial para que possa manter alguma qualidade de vida. Os pais da criança já se dirigiram à Segurança Social, que autorizou o pagamento mas ainda não tem verba disponível.

Sem querer adiar o conforto da filha, os pais Rui e Alice, decidiram apelar à solidariedade. Assim, através da escola de Ana Júlia, estão a receber toneladas de tampas, garrafas e garrafões de plástico que agora esperam vender a empresas de reciclagem para depois comprar a cadeira de rodas.

No entanto, os pais Rui e Alice estão a ter dificuldades em escoar o plástico que recolheram. Até agora, apenas uma empresa de Porto de Mós, a Sirplaste, se mostrou interessada mas só compra as tampas, pelo que os garrafões e as garrafas continuam à espera de dono, disse o pai da menina ao JN.

Já houve uma empresa fora do concelho que se mostrou interessada em adquirir o material recolhido, mas Rui Sobreiro explica que a empresa fica longe, em Portalegre, pelo que o transporte se torna difícil. Mesmo assim, os pais de Ana Júlia acreditam que, em breve, conseguirão converter o plástico recolhido numa cadeira de rodas.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório