Ambiente

Planta chinesa dá flor ao fim de 91 anos

Depois de 91 verões uma planta rara da China plantada em 1919 na Irlanda do Norte, em Rowallane Garden, floriu pela primeira vez em quase um século.

Versão para impressão
[Imagem: Belfast Telegraph]

Depois de 91 verões uma planta rara da China plantada em 1919 na Irlanda do Norte, em Rowallane Garden, floriu pela primeira vez em quase um século.

A planta de origem chinesa mencionada como “Goat Horn Tree”, qualquer coisa como “árvore de corno de cabra”, em português, fez assim jus ao provérbio de que com paciência tudo é possível.

“Reparámos em junho que árvore estava a criar flor e desenvolveu-se na última semana. Estávamos intrigados como iria sair e mantivemos a árvore debaixo de olho”, explica um dos jardineiros à BBC.

Surgiu depois da flor de um branco pálido com um leve perfume, um fruto alongado, curvilíneo e enrolado com a forma de um corno de cabra como sugere o próprio nome.

As sementes da planta conhecida cientificamente como Carrierea calycina foram trazidas de Sichuan, na China, em 1908 pelo coleccionador Ernest H. Wilson.

Depois de plantarem este exemplar em 1919, e que tem crescido como uma árvore normal, calcula-se que exista apenas mais um destes exemplares com vida. Estima-se que as restantes tenham morrido em meados do século XX.

[Notícia sugerida pela utilizadora Raquel Bâeta]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório