Ambiente

Pinguim perdido regressa à Antártida

NULL
Versão para impressão
Um pinguim imperador que se perdeu e foi dar à costa de uma praia na Nova Zelândia está de regresso ao seu habitat. O pinguim estava bastante debilitado pois tinha nadado mais de três mil quilómetros e chegou a ingerir areia que confundiu com neve. O animal foi tratado no jardim zoológico de Wellington e já está a caminho da Antártida.

Segundo a AFP, o pinguim foi encontrado em junho, numa praia na Nova Zelândia, ao norte de Wellington, a praia Peka Peka, a 3 mil quilómetros de distância do seu habitat.

O animal foi tratado no jardim zoológico local já que estava bastante debilitado após a “viagem” e pelo facto de ter ingerido cerca de 3 quilos de areia, que tinha confundido com neve.

No jardim zoológico, o pinguin Happy Feet, nome com o qual foi batizado, efetuou uma cirurgia ao estômago para remover a areia que tinha engolido.

Happy Feet embarcou esta segunda-feira no navio “Tangaroa” que pertence ao Instituto Nacional de Investigação da Água e Atmosfera, segundo informação da AFP. Este navio iniciou uma expedição de um mês ao oceano Austral para estudar os stocks de peixe na região.

O Tangaroa leva a bordo uma equipa de veterinários e, de caminho, vai libertar o pinguim-imperador, depois de quatro dias de viagem.

A despedida

Centenas de pessoas foram ao jardim zoológico despedir-se do penguim “mais famoso” da Nova Zelândia. Happy Feet foi muito acarinhado pelos neozelandeses: cerca de 120 mil pessoas acompanharam a sua recuperação online.

O pinguim-imperador levou consigo um dispositivo GPS que possibilita aos investigadores acompanhar os seus movimentos. Assim, qualquer pessoa poderá acompanhá-lo através do site oficial do zoológico de Wellington.

Clique AQUI para seguir Happy Feet.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório