Ambiente

Picoas e Saldanha vão ter mais jardins e ciclovias

Alargamento de passeios, mudanças no trânsito, plantação de mais árvores e construção de novas ciclovias fazem parte do plano de intervenções da autarquia de Lisboa para as zonas do Saldanha e Picoas.
Versão para impressão
Alargamento de passeios, mudanças no trânsito, plantação de mais árvores e construção de novas ciclovias fazem parte do plano de intervenções da autarquia de Lisboa para as zonas do Saldanha e Picoas, no âmbito do programa 'Uma Praça em cada Bairro'. 

Segundo o comunicado da Câmara Municipal de Lisboa, na Praça Duque de Saldanha os passeios vão ser alargados junto às fachadas dos edíficios, e a circulação à volta da praça vai ser relocalizada na zona onde se encontra atualmente o estacionamento e as praças de táxis. O trânsito na Av. Praia da Vitória será cortado, com a introdução de árvores, sendo o tráfego automóvel encaminhado para a Av. Tomás Ribeiro.

Já mais abaixo, na zona do Forum Picoas e edíficio Imaviz, a viragem à esquerda na Av. Fontes Pereira de Melo será retirada e o passeio que se encontra à frente dos dos edifícios vai ser alargado, retirando todo o estacionamento, que será relocalizado.


As zonas de Picoas e do Saldanha vão ter os passeios mais largos e novos espaços verdes e ciclovias

Nesta zona está também prevista a colocação de zonas verdes com árvores, bancos e uma ciclovia em ambos os lados da avenida. O objetivo “não é reduzir o fluxo de trânsito, mas diminuir o impato do automóvel e dar prioridade aos peões”, pode ler-se no mesmo comunicado, divulgado esta terça-feira no site da autarquia.

A apresentação das intervenções decorreu esta segunda-feira em Lisboa, no âmbito do programa 'Uma Praça em cada Bairro', que tem como objetivos “melhorar a qualidade  do espaço público, aumentar o espaço pedonal, privilegiar as deslocações sustentáveis e promover a apropriação e fruição dos espaços públicos pela comunidade.

No encontro estiveram presentes Margarida Martins e Daniel Gonçalves, presidentes das juntas de freguesia de Arroios e Avenidas Novas, respectivamente, e juntamente com o arquiteto Pedro Dinis.

Estas propostas apresentadas surgiram na sequência de sugestões deixadas pela população, bem como de um debate realizado com os moradores no dia 04 de Dezembro.

O programa 'Uma Praça em cada Bairro' está aberto às sugestões dos habitantes da capital, e em cada semana do mês, são divulgadas as propostas escolhidas pela autarquia. Até ao dia 30 de Abril, os lisboetas poderão participar na terceira fase do projeto.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub