Cultura

Parque Escolar requalifica Conservatório de Aveiro

NULL
Versão para impressão
A Câmara de Aveiro vai doar à Parque Escolar o edifício do Conservatório de Música “Calouste Gulbenkian”, que necessita de obras com urgência, no âmbito de um protocolo aprovado em Assembleia Muncicipal.

“Garantimos que Aveiro vai ter no seu conservatório um edifício novo, moderno e funcional ao serviço dos jovens e da música e das artes”, adiantou à Lusa o presidente da Câmara Muncipal de Aveiro, Élio Maia que com este protocolo garante a requalificação e valorização deste espaço sem gastar um cêntimo do erário municipal”.

Segundo Élio Maia, as obras avaliadas entre seis e sete milhões de euros terão de ser realizadas pela empresa pública Parque Escolar no prazo de quatro anos. No fim deste período, e caso as obras não tenham sido realizadas, o imóvel reverterá para a Fundação Calouste Gulbenkian.

O protocolo foi aprovado por maioria com os votos a favor de PSD, CDS-PP e PS e três votos contra do Bloco de Esquerda (2) e PCP (1).

O edifício onde funciona o Conservatório de Música de Aveiro foi doado pela Fundação Calouste Gulbenkian ao município em 1985 para nele ser ministrado o ensino da música e disciplinas afins, contando atualmente, com cerca de 600 alunos.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub