Ciência

Parkinson: Português lidera investigação europeia

O investigador Luís Pereira de Almeida, da Universidade de Coimbra (UC), foi escolhido para liderar um ambicioso projeto europeu para desenvolvimento de terapias das doenças de Parkinson e Machado-Joseph.
Versão para impressão
O investigador Luís Pereira de Almeida, do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) da Universidade de Coimbra (UC), foi escolhido para liderar um ambicioso projeto europeu para desenvolvimento de terapias das doenças de Parkinson e Machado-Joseph. O projeto conta com um financiamento comunitário de 750 mil euros.
 
Além da equipa portuguesa, constituída por duas dezenas de investigadores, Luís Pereira de Almeida (na foto) vai também coordenar equipas de investigadores da Universidade do Luxemburgo e da Universidade Paris Descartes. 
 
O projeto, intitulado “SynSpread”, é apoiado pelo Programa Comunitário “Joint Programme-Neurodegenerative Disease Research” (JPND), tendo a duração de três anos e um orçamento global de 750 mil euros. O objetivo central é compreender o papel da migração de proteínas envolvidas nestas duas doenças incuráveis. 
 

Num comunicado enviado ao Boas Notícias, o investigador do CNC realça que “a investigação visa estudar a interação que a autofagia (mecanismo de limpeza no interior da célula) estabelece com a secreção de exossomas (vesículas expelidas pelas células), e como contribuem para a difusão da doença a outras células do cérebro”. 
 
“A nossa investigação será realizada em neurónios de doentes com Parkinson e Machado-Joseph, e recorrerá a técnicas de neuroimagem para mapear o caminho que as proteínas percorrem no contexto da autofagia e secreção de exossomas no cérebro. Os resultados desse mapeamento poderão contribuir para prevermos a progressão das doenças neurodegenerativas”, explica o também docente da UC.
 
O programa JPND é a maior iniciativa internacional de combate às doenças neurodegenerativas, tendo como objetivo fomentar a descoberta das causas e tratamentos destas patologias.

De acordo com o site oficial do JPND, patologias ligadas à demência como a doença de Parkinson e Alzheimer são um problema global que está diretamente ligado ao envelhecimento da população.

A maior parte destas doenças continuam incuráveis e afetam mais de 7 milhões de pessoas na Europa com custos para os sistemas de saúde na ordem dos 130 mil milhões de euros por ano.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório