Inovação e Tecnologia

Paredes aquece escolas com energia de biomassa

NULL
Versão para impressão
As escolas do concelho de Paredes vão ter um novo sistema de aquecimento, baseado em desperdícios de madeira das fábricas de mobiliário da zona. Isto representa uma poupança na ordem dos 300 mil euros no que respeita aos gastos com o gás, eletricidade e gasolina.

Paredes produz 65% de todo o mobiliário nacional, possuindo mais de 1200 fábricas ligadas à madeira. A ideia é, por isso, simples de por em prática.

O projeto da câmara municipal é aproveitar a madeira proveniente da produção de mobiliário e utilizá-la no aquecimento da rede de escolas no concelho, ajudando as escolas a ultrapassar as dificuldades financeiras por que passam, explicou Jorge Rodrigues, responsável pelo gabinete de comunicação da autarquia. O aumento do IVA para 23% na tarifa do gás foi um dos exemplos dados.

As madeiras são cedidas gratuitamente pelas fábricas e posteriormente são transportadas para o ecocentro de Cristelo, fábrica construída pelo município, onde são transmformadas em briquetes (aglomerado de madeira).

Nesta fase, os briquetes são encaminhados para as escolas onde são queimados em caldeiras. Estas caldeiras de aquecimento por biomassa foram produzidas também no concelho.

O processo não acarreta custos para a autarquia, já que os custos com a eliminação dos resíduos seriam superiores. De facto, a poupança ascende aos 300 mil euros por casa ano letivo

A câmara garante, no entanto, que o valor pode subir quando o projeto for alargado a todas as 15 escolas da rede de centros escolares do concelho de Paredes. O autarca Pedro Mendes disse à Lusa que a unidade de produção de briquetes tem capacidade para abastecer todos os estabelecimentos de ensino.

Os novos centos escolares foram concebidos precisamente para aproveitar “ao máximo os recursos naturais e energias renováveis”, disse Jorge Rodrigues.

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes e Vítor Fernandes] 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório