Gastronomia

Paraíso dos cereais no centro de Lisboa

"Desmitificar a ideia de que o cereal é para comer ao pequeno-almoço" é um dos objetivos do Pop Cereal Café, um novo espaço no Bairro Alto que vende, tal como diz o nome, cereais à mistura com vários tipos de leite e toppings.
Versão para impressão
Desmitificar a ideia de que o cereal só serve para comer ao pequeno-almoço é um dos objetivos do Pop Cereal Café, um novo espaço no Bairro Alto que vende, tal como diz o nome, cereais à mistura com vários tipos de leite (com ou sem lactose, de arroz, amêndoa, entre outros) e toppings como M&Ms de menta, marshmellows e muito mais.
 
Por Gisela Gomes*

Marco e Tiago Silva, co-fundadores deste original projeto, começaram a desenhar esta ideia depois de uma viagem a Londres onde tiveram oportunidade de visitar o Cereal Killer Café, o primeiro espaço no Reino Unido a especializar-se em cereais.
 

Os dois gostaram da ideia. E muito. Quando voltaram a Portugal, falaram com Filipe Vicente sobre a hipótese de lançar um negócio idêntico em Portugal e assim nasceu o Pop Cereal Café. Ajudou o facto de “todos nós gostarmos imenso de cereais”, brinca Filipe Vicente, em entrevista ao Boas Notícias.

Os três amigos, todos na casa dos 30, voltaram a Londres e falaram com os proprietários do Cereal Killer Café para sondar a hipótese de fazer uma parceria. Depois do encontro, optaram por criar um projeto independente.

 
 
Apesar de só ter inaugurado na semana passada, o trabalho de preparação começou já em 2015. Da decoração aos menus, tudo foi feito pelos três.

“Temos duas formas de servir os cereiais”, conta Filipe. “A primeira são os menus pré-definidos, combinações feitas por nós e muito testadas”. Tem seis, todas com bases em sabores diferentes como côco, chocolate, after eight, canela e um "final fantasy" de pudim flam. A outra opção é deixar tudo ao critério do cliente. 


80 tipos de cereais diferentes

O Pop Cereal Café oferece, no momento, 80 tipos de cereais diferentes, que podem sem misturados como se desejar. No futuro vão estar à venda mais de 100. "Entre as opções disponíveis agora temos tudo o que se encontra no mercado português, juntamente com ofertas exclusivas do estrangeiro, como o Strawberry Pop da África do Sul ou os Lucky Charms dos EUA", sublinha Filipe.

A decoração remete para os tempos de infância da geração dos anos 80 e 90. Uma televisão antiga e quadros retro, juntamente com as próprias caixas dos cereais a decorar as paredes e até a forrar algumas mesas.

 
 
Abriram o café no Bairro devido ao “bom vibe” da zona. De acordo com Filipe, “o Bairro Alto tem tudo a ver com o povo português. Mais do que histórica, é uma área que está aberta a este tipo de conceitos e inovações”.

500 clientes numa semana

A escolha, ao que parece, foi acertada. Desde que abriu, há uma semana, Filipe estima que já passaram mais de 500 clientes pelas portas do Pop Cereal Café, sobretudo turistas, de quem “dependem por agora”. No futuro, contudo, esperam mais clientes portugueses, pois são estes que fazem do negócio “algo estável” porque são “pessoas que vão, voltam e recomendam aos amigos”.

 
Os três sócios têm altas expetativas para o projeto, uma vez que deixaram “tudo para trás para fazer isto”, diz Filipe. Antes de se dedicarem ao café, Filipe e Marco eram, respetivamente, engenheiro mecânico e gestor de recursos humanos.


 
O Pop Cereal Café encontra-se no n.º 64 da Rua do Norte no Bairro Alto. O espaço está aberto todos os dias das 10 da manhã até à meia-noite. 

O preço dos menus começa a 3,60 euros e também é possível encomendar batidos ou comprar merchadising como T-Shirts e canecas, depois, claro, de saborear uma taça de cerais a qualquer hora do dia. 

*Edição de Patrícia Maia

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório