Sociedade

Pais juntam tampinhas para dar mão ao Diogo

NULL
Versão para impressão
Os pais de um menino de dois anos, de Caminha, que nasceu sem a mão direita lançaram uma campanha para a recolha de 18 toneladas de tampinhas, em troca das quais uma empresa oferecerá uma prótese mioelétrica ao filho.

Diogo nasceu a 20 de Maio de 2009, sem a mão direita, alegadamente vítima de uma amputação dentro da barriga, já que as primeiras ecografias mostram que ele tinha as duas mãos.

Segundo explica a mãe de Diogo, Elisabete Farinhoto, na página do Facebook da campanha, o objetivo é angariar uma mão mioelétrica que permitirá ao menino “abrir e fechar a mão, pegar em obstáculos e até pintar os desenhos“.

Esta prótese mioelétrica ficaria por cerca de 9 mil euros, mas a empresa Ceinop, da Póvoa de Varzim, disponibilizou-se para a financiar, em troca de 18 toneladas de tampinhas.

“A campanha começou na Páscoa e neste momento já recolhemos quatro toneladas e tal”, disse a mãe do Diogo à agência Lusa.

Segundo Elisabete Farinhoto, a recolha está a ser feita “um pouco por todo o país”, com o apoio da associação Dar a Sorrir e poderá agora estender-se à Galiza, face ao interesse manifestado pelo assunto pela comunicação social daquela região autónoma de Espanha.

“Vale todo o tipo de tampas de plástico, seja de garrafas de água, de óleo, de iogurtes líquidos, de garrafões, de detergentes, de champô. Valem inclusive caixas de manteiga completas, bem como todas as embalagens que tenham o símbolo da reciclagem com os números 2, 4 ou 5 dentro do triângulo”, explicou Elisabete Farinhoto.

Clique AQUI para saber onde pode entregar as tampas recolhidas pela Dar a Sorrir e AQUI para aceder à página do Facebook da campanha lançada pelos pais.

[Notícia sugerida por Sérgio Gonçalves]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório