Sociedade

Padres doam ordenado para combater pobreza

A recomendação foi feita pelo arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, numa carta enviada aos 500 padres da diocese. A doação pode ser feita de forma faseada ao longo dos próximos meses e não é obrigatória. Contudo, a ideia é que seja dado o exemplo aos
Versão para impressão
A recomendação foi feita pelo arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, numa carta enviada aos 500 padres da diocese. A doação pode ser feita de forma faseada ao longo dos próximos meses e não é obrigatória. Contudo, a ideia é que seja dado o exemplo aos crentes.

Em declarações ao Diário de Notícias (DN), o arcebispo explica que, com a verba angariada, será “constituído o Fundo Partilhar com Esperança”, como resposta da Igreja para acudir aos casos mais graves de pobreza na região minhota. O fundo é aberto a todos os católicos e também a não crentes.

Os padres são “convidados a dar o correspondente ao que ganham num mês”, ou seja, cerca de 800 euros. Espera-se que a adesão à iniciativa seja muita, uma vez que a medida foi primeiramente sugerida pelos próprios sacerdotes, esta semana, numa reunião do Conselho Presbiteral.

D. Jorge Ortiga garantiu que este apelo não colide e “nem pretende substituir o Fundo de Solidariedade Social criado pela Conferência Episcopal Portuguesa” e gerido pela Cáritas.

O arcebispo declara que a medida não vai ser alargada ao resto do país, mas será dinamizada em Braga durante todo o próximo ano e “enquanto fizer falta”.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório