Inovação e Tecnologia

Paços de Ferreira vai ter Cidade Tecnológica

O projeto foi recentemente apresentado e prevê a renovação urbanística de um antigo quarteirão militar onde se irão instalar estruturas de formação profissional e empresas de tecnologia. Trata-se de um investimento de oito milhões de euros que promet
Versão para impressão
O projeto foi recentemente apresentado e prevê a renovação urbanística de um antigo quarteirão militar onde se irão instalar estruturas de formação profissional e empresas de tecnologia. Trata-se de um investimento de oito milhões de euros que promete gerar milhares de postos de trabalho diretos e indiretos.

Das antigas instalações vão ser recuperados quatro edifícios e construídos de raiz outros dois que acolherão, entre outros equipamentos, um Laboratório de Realidade Virtual ou um Auditório 3D. A ideia é juntar no mesmo espaço empresas, escolas de formação profissional e universidades.

As obras vão arrancar já em dezembro e deverão estar concluídas em 18 meses. Este é, segundo Rui Coutinho, coordenador do projeto da Cidade Tecnologica, o tempo suficiente para concluir a requalificação urbana de 30 mil metros quadrados situados em pleno centro da cidade de Paços de Ferreira.

“Com este tipo de empresas estamos seguros que estamos, por um lado, a criar valor para a indústria, mas também estamos a contribuir para captar ideias inovadoras e quadros qualificados”, salienta Rui Coutinho em declarações à RTP.

“Queremos que toda a gente conviva neste espaço, desde jovens que estão a aprender profissões, a académicos que estão a investigar e a desenvolver áreas cientificas e tecnológicas, assim como as empresas que estão a criar produtos e sistemas inovadores”, acrescenta o responsável.

Na área que vai acolher o projeto encontram-se, atualmente, instaladas a Tecval e a Profisousa, incubadora e escola de formação profissional que se manterão na Cidade Tecnológica. Estas duas entidades passarão a ter a companhia da Associação Empresarial de Paços de Ferreira, da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras e do Instituto Politénico do Porto.





O Centro Avançado de Design do Mobiliário e diversas empresas de base tecnológica também vão integrar a Cidade Tecnológica pacense.

Um dos edifícios será o IHub Business Area, espaço de acolhimento de empresas mas que também terá o Centro de Transferência de Tecnologia do IPP, laboratórios, Auditório 3D, Data Center e ainda restaurante e refeitório. Nas imediações ficará o Laboratório de Realidade Virtual Imersiva.

Resultante de um investimento de oito milhões de euros, minimamente comparticipados pelo município, a futura Cidade Tecnológica do concelho foi apresentada no início da semana passada, no Pavilhão Municipal de Paços de Ferreira.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório