Cultura Em Destaque

Orquestra de refugiados é criada por músico

O primeiro concerto é a 14 de julho, no Festival de Arles
Versão para impressão
por redação

Com o objetivo de ajudar os músicos profissionais e contribuir para a sua integração social, Jordi Savall lançou o projeto Orpheus XXI – Música pela vida e pela dignidade

Esta orquestra de refugiados é composta por 20 músicas profissionais migrantes, vindos do campo de refugiados.

Jordi Savall é um músico catalão de 75 anos é um dos mais prestigiados músicos europeus, especializado em viola gamba. Também é Embaixador da União Europeia (UE) para o Diálogo Intercultural desde 2008, Embaixador de Boa Vontade da ONU (“Artistas para a Paz”) desde 2009 e venceu em 2015 o Prémio Europeu Helena Vaz da Silva para a Divulgação do Património Cultural.

Em 2006 reuniu músicos de diferentes países da Europa e do Médio Oriente e em 2008 criou uma orquestra Israelo-palestiniana.

No ano passado, tocou viola acompanhado por imigrantes que tocavam os seus instrumentos típicos depois de visitar o campo de refugiados em França, conhecido como “Selva de Calais”. Foi neste tempo que teve a ideia para criar esta orquestra.

Numa entrevista para a Radio France Internationale explicou que “foi na Selva de Calais que eu me dei conta de que algo tinha de ser feito para ajudar aqueles jovens, que estavam completamente abandonados. Tínhamos de lhe dar uma hipótese de eles fazerem algo positivo nas suas vidas”.

O projeto foi apresentado em Paris, dia 1, onde foram feitas as últimas audições com músicos vindos da Síria, Afeganistão, Bangladesh.

Os músicos envolvidos darão aulas a crianças e jovens (refugiados ou em situação de precariedade social) em vários países como a França, a Espanha, a Noruega e a Alemanha, a partir de junho.

“A ideia fundamental de Orpheus XI não é tocar Bach ou Mozart, é que as crianças possam dialogar entre elas através da música”, explicou o músico.

Espera-se uma grande digressão em julho e agosto de 2018 que conta com músicos e alunos. O projeto tem um orçamento de 250 mil euros, 80% dos quais financiados pela UE.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório