Cultura

Orquestra europeia integra 14 jovens portugueses

A Orquestra de Jovens da União Europeia selecionou 14 portugueses para integrar a temporada de 2013-2014. Esta é a maior representação de Portugal desde que participou pela primeira vez na orquestra europeia, em 1986.
Versão para impressão
A Orquestra de Jovens da União Europeia (OJEU) selecionou 14 músicos portugueses para integrar a temporada de 2013-2014. Esta é a maior representação nacional desde o início da participação de Portugal na orquestra europeia, em 1986.

Sete destes jovens foram selecionados para a categoria de membros efetivos do grupo musical e os restantes vão integrar a bolsa de reserva, caso seja necessário fazer alguma substituição de músicos.

Em comunicado enviado ao Boas Notícias, a Direção-Geral das Artes portuguesa afirma que os resultados da seleção da OJEU revelam “o reconhecimento da melhoria da qualidade dos jovens músicos portugueses, tanto a nível técnico como artístico, especialmente nos instrumentos de corda”.

Três dos 14 selecionados já tinham feito parte da orquestra europeia na temporada anterior, tendo conseguido assegurar a seu posição durante as fases de avaliação para este próximo ano.

Nove dos jovens portugueses foram selecionados em audições realizadas noutros países, “onde a competitividade é ainda mais elevada, como a Bélgica, Dinamarca, Holanda e Reino Unido”.

Os músicos portugueses vão ter a oportunidade de trabalhar com “professores altamente especializados e de tocar em todo o mundo com maestros e solistas de renome internacional”.

Depois da formação de duas semanas, os jovens seguem uma digressão por vários países, ao longo do Verão de 2013, com cerca de dez concertos agendados.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub