Cultura

Órgão de tubos do séc. XVIII volta a tocar

O órgão de tubos da igreja de S. Gonçalo, em Amarante, um instrumento com perto de três séculos que passou a última década a ser recuperado, voltou a tocar este sábado. O concerto inaugural esteve a cargo da organista Edite Rocha, com reportório dos
Versão para impressão
O órgão de tubos da igreja de S. Gonçalo, em Amarante, um instrumento com perto de três séculos que passou a última década a ser recuperado, voltou a tocar este sábado. O concerto inaugural esteve a cargo da organista Edite Rocha, com reportório dos séculos XVII e XVIII, noticia o Jornal de Notícias.

A recuperação foi realizada por Dinarte Machado, um dos mais prestigiados organeiros do país, que afinou, um a um, os cerca de 1000 tubos do órgão, muitos deles datados da altura de concepção do instrumento.

Machado disse ao Jornal que se a Misericórdia vianense não se predispusesse, há perto de uma década, a recuperá-lo, “ele simplesmente desaparecia enquanto instrumento musical”. O instrumento esteve cerca de 40 anos sem funcionar.

Os trabalhos incluíram a recuperação da pintura e douramento do órgão, além da estabilização da tribuna. O restauro representou um investimento de 330 mil euros, segundo hoje fonte autárquica.

Segundo João Alpuim, da Santa Casa da Misericórdia, citado pelo JN, há já vários interessados em executar o histórico instrumento, nomeadamente, para gravações.

No sentido de disponibilizar o instrumento à comunidade, a misericórdia firmou um acordo com a Academia de Música da cidade, com vista à sua utilização.

[Notícia sugerida por Raquel Baêta]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório