Mundo

Open da Austrália: Trio português perto dos quadros

Os portugueses João Sousa, Michelle Brito e Maria João Koehler colocaram-se, esta sexta-feira, a apenas um triunfo da entrada para os quadros principais do Open da Austrália, que começa a 16 de Janeiro, avança a Lusa.
Versão para impressão

Os portugueses João Sousa, Michelle Brito e Maria João Koehler colocaram-se, esta sexta-feira, a apenas um triunfo da entrada para os quadros principais do Open da Austrália, que começa a 16 de Janeiro, avança a Lusa.

Numa sexta-feira 13, o trio português fez por merecer a sorte e ficou a um pequeno passo de fazer história no ténis português, que pela primeira vez pode colocar cinco jogadores nos quadros principais (Rui Machado e Frederico Gil entraram diretamente).
 
Em masculinos, João Sousa, na posição 191 do “ranking” mundial, superiorizou-se a um adversário da mesma “categoria”, o espanhol Adrian Menendez-Maceiras (195.º), contra quem tinha ligeira desvantagem nos confrontos diretos.
 
No 6º frente a frente, João Sousa bateu pela terceira vez Menendez-Maceiras, em dois “sets”, pelos parciais de 6/4 e 7/6 (7/4), ao fim de 2:04 horas de encontro.
 
Na ronda decisiva, João Sousa vai cruzar-se com o russo Alexander Kudryatsev, colocado na posição número 172 da hierarquia e que em setembro do ano passado, pouco antes de celebrar 26 anos, alcançou a melhor posição da carreira (123).
 
No “qualifying” feminino, Koehler, 222.ª do circuito, foi a primeira a entrar em “court”, batendo agora uma das veteranas do circuito, a italiana Maria Elena Camerin, de 30 anos.
 
Um dia depois de deixar pelo caminho, num confronto de quase três horas, a sexta cabeça de série desta qualificação, a japonesa Misaki Doi, Koehler precisou de 2:18 horas para bater Camerin, número 177 do Mundo (que chegou a ser 41.ª em finais de 2004), por 3/6, 6/3 e 6/4.
 
Finalmente, Michelle Brito, “sorteada” nesta ronda para jogar no… Court 13, contrariou os prognósticos e bateu outra adversária com grande experiência no circuito, a espanhola Arantxa Parra Santoja, a quarta mais cotada neste “qualifying” (117.ª).
 
 A cerca de duas semanas de comemorar o 19.º aniversário, a melhor jogadora portuguesa (148.ª do WTA Tour) superiorizou-se a Parra Santoja, que em julho de 2010 chegou a figurar no 46.º posto do “ranking”, por 6/3, 4/6 e 6/2.
 
No próximo embate, a jovem tenista portuguesa jogará uma vaga no quadro principal diante a suíça Stefanie Voegele, número 140 do Mundo e 20.ª mais cotada em prova.

[Notícia sugerida por Maria Manuela Mendes]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório