Sociedade

Odemira: Cabazes e brinquedos para quem mais precisa

A campanha "Aliados do Natal" vai proporcionar a quase quatro centenas de famílias carenciadas de Odemira uma quadra festiva mais feliz e solidária através da distribuição de cabazes e brinquedos a quem mais precisa.
Versão para impressão
A campanha “Aliados do Natal” vai proporcionar a quase quatro centenas de famílias carenciadas de Odemira uma quadra festiva mais feliz e solidária através da distribuição de cabazes e brinquedos a quem mais precisa. Os bens foram recolhidos com o apoio da comunidade local e de vários patrocinadores.
 
Em comunicado, a Câmara Municipal de Odemira, que apoia o projeto promovido pela TAIPA – Organização Cooperativa para o Desenvolvimento Integrado do Concelho de Odemira, explica que serão oferecidos 382 cabazes alimentares e cerca de 1.000 brinquedos aos habitantes do concelho que se encontrem em situação de maior vulnerabilidade económica.
 
Além disso, a TAIPA vai ainda entregar 50 cabazes alimentares a famílias carenciadas do concelho de Aljezur, com o patrocínio da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de S. Teotónio, acrescenta a autarquia.
 
Este ano, a iniciativa “Aliados do Natal” vai, portanto, doar 432 cabazes, compostos por bacalhau, azeite, leite, arroz, enlatados e bolo-rei, num total aproximado de quatro toneladas de alimentos. 
 
À semelhança do que aconteceu em anos anteriores, foram também recolhidos mais de 1.000 brinquedos para oferecer às crianças cujas famílias estejam a passar por maiores dificuldades, “inspirando a partilha e o espírito de Natal na comunidade”, salienta a câmara municipal.
 
A distribuição dos bens começou ontem e decorrerá até ao final desta sexta-feira. Parte desta distribuição será efetuada por intermédio das juntas de freguesia do concelho, ao passo que os restantes cabazes serão entregues pela TAIPA às famílias abrangidas pelo gabinete de apoio à comunidade dos pescadores de Azenha do Mar e junto das famílias de imigrantes, através do projeto ST-E5G.
 
Segundo o município, escolas, infantários e dezenas de empresas locais aliaram-se a esta campanha solidária “através da atribuição de apoio monetário ou da oferta de bens alimentares e brinquedos adquiridos nos espaços comerciais do concelho”, pelo que se trata de uma ação que promove grande dinâmica ao nível social e económico e envolve vários milhares de euros.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub