Cultura

Óbidos: A grande "folia" da literatura começa dia 22

NULL
Versão para impressão
O FOLIO – Festival Literário Internacional de Óbidos decorre de 22 de setembro a 02 de outubro, em Óbidos, com mais de 250 eventos culturais à disposição dos visitantes, entre mesas com autores, concertos, teatro, cinema, aulas, seminários, exposições e workshops.
 
“Uma grande utopia. Pura ficção que se torna realidade.” É assim que presidente da câmara de Óbidos, Humberto Marques, descreve a 2.ª edição do Festival FOLIO.
 
Esta quinta-feira, na apresentação oficial do evento à imprensa, em Lisboa, o autarca não poupou elogios à organização do festival, coordenada por José Pinho, da livraria Ler Devagar. “Um homem louco” que acreditou e cumpriu um sonho: "por cada livraria que fechasse, em Óbidos, ia abrir duas novas livrarias”, conta o autarca. 
 
Assim foi – ou pelo menos, foi mais ou menos assim –  que nasceu, em 2011, o projeto 'Óbidos Vila Literária', com o apoio da Câmara Municipal, sendo que o FOLIO foi uma evolução natural deste pequeno universo dos livros no Oeste do país.  
 
rushlie-portugal-folio
O escritor britânico de origem indiana, Salman Rushdie, vem ao Festival Literário Internacional de Óbidos apresentar a sua mais recente obra “Dois anos, oito meses e vinte e oito noites”
 
Na primeira edição do festival, em 2015, “ainda não sabíamos nada”, confessa José Pinho, um dos principais mentores da iniciativa garantindo que este ano "o festival está mais completo e confortável para os visitantes".

Comboio literário entre Lisboa e Óbidos
 
O coordenador salientou que "os horários foram afinados para que toda a gente possa assistir aos vários eventos e que foi criado um comboio especial, em parceria com a CP, que vai fazer quatro ligações entre Lisboa e Óbidos durante o festival".
 
O Comboio Literário, com partidas diárias de Lisboa às 10h25 e 17h55 e um último comboio, às 00h35, de Óbidos para a capital, apresenta-se como uma extensão do programa do FOLIO já que vai contar com poemas e livros a bordo bem como protagonistas do FOLIO entre os passageiros e outras surpresas.

Os bilhetes custam 9,5 euros ida e volta ou 5 euros para uma só viagem e dão direito a 50% de desconto na compra de bilhetes para o FOLIO, à venda na BOL. 

 
Camané cruza fado e bossa nova
 
Entre as novidades, José Pinho destaca “os finais de tarde – Sunset Wine – com petiscos e vinhos” e “os concertos e espetáculos improváveis” que se tornaram possíveis graças aos desafios lançados pela curadora Anabela Mota Ribeiro aos artistas. É o caso do fadista Camané que, pela primeira vez na vida, irá cantar temas do brasileiro Tom Jobim (dia 01 de Outubro, pelas 22h30, na tenda do festival).
 
Já o autarca Humberto Marques destacou a importância da vertente “Fólio Educa, dirigida às escolas, que se revela fundamental para formar novos públicos” porque “se não começarmos com as gerações mais novas dificilmente conseguimos esse objetivo de seduzir novos leitores”. 

Um evento internacional
 
Mais do que uma festa da Lusofonia, este festival, com vários nomes internacionais, parte à conquista de novos continentes com ambição de se impor como um dos “maiores festivais de literários ao nível da Europa”, salienta o autarca Humberto Marques.

Salman Rushdie, VS Naipaul e o mexicano Juan Pablo Villalobos são alguns dos escritores internacionais em destaque nesta edição que conta também com a presença daquela que é considerada o Nobel da Ilustração, a alemã Jutta Bauer.
 

Antes de marcar presença no FOLIO, a premiada ilustradora que, em 2010, recebeu o Prémio Hans Christian Andersen, considerado o Prémio Nobel da ilustração, passa por Lisboa, no dia 23 de Setembro, para falar sobre o seu livro “A Rainha das Cores” publicado por O Bichinho de Conto em parceria com a Saída de Emergência.
 
Homenagem a Ruy Belo
 
Apesar do FOLIO falar várias línguas, o grande homenageado desta festa da literatura será o poeta Ruy Belo. Dia 01 de Outubro, o festival conta com uma programação especialmente dedicada ao autor falecido em 1978, com uma exposição, leitura de poemas, uma aula e exibição do filme "Ruy Belo, Era uma vez", entre outros  eventos. 
 

Quanto aos convidados portugueses, a prioridade da organização foi “não repetir os nomes da primeira edição”. Clara Ferreira Alves, Jacinto Lucas Pires, Mário Zambujal e Gonçalo M. Tavares são alguns dos escritores que se podem destacar entre muitos. 

 
O FOLIO vai contar ainda com livros que se comem, literalmente, e que serão cozinhados com a mestria de um “Chef” com duas estrelas “Michelin”, Dieter Koschina, o mestre do restaurante Vila Joya. 

Aplicação ajuda organizar agenda FOLIO
 
Mas o ideal é consultar o programa detalhado uma vez que o FOLIO conta com 18 mesas de autor com escritores de todo o mundo, 77 “Folias” (ou seja, espetáculos e iniciativas) entre exposições, aulas, conversas, palestras, concertos, instalações, leituras e performances e 116 'acontecimentos' no Folio Mais, que vão da palestra, à performance, passando por “remédios literários”. 
 
Por fim, para quem não quer perder uma pitada do Folio 2016, vale a pena descarregar a aplicação digital que permite acompanhar todos os acontecimentos e gerir uma agenda pessoal, selecionando o que quer mesmo ver.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub