Mundo

Obama quer legalizar 11 milhões de imigrantes

O presidente norte-americano Barack Obama defendeu esta semana uma reforma na lei da imigração que inclua a legalização dos 11 milhões de imigrantes ilegais mas disse que a medida nunca passará sem o apoio dos republicanos.
Versão para impressão
O presidente norte-americano Barack Obama defendeu esta semana uma reforma na lei da imigração que inclua a legalização dos 11 milhões de imigrantes ilegais mas disse que a medida nunca passará sem o apoio dos republicanos.

“Podemos criar o caminho para a legalização que seja justa e um reflexo dos nossos valores e trabalho”, defendeu Obama no discurso proferido na American University, na quinta-feira. “A questão agora é se temos a coragem e a vontade política de passar a proposta no Congresso e finalmente concretizá-la”.

Segundo Barack Obama a legalização e a entrada de mais imigrantes irá ajudar a criar “uma força de trabalho mais jovem e uma economia em rápido crescimento em comparação com outros competidores”. Não se esqueceu também de referir que a força dos EUA reside nesses mesmos imigrantes que desde sempre procuram o país e o enriqueceram.

Garantiu que nunca nos últimos 20 anos a fronteira foi tão vigiada e está mais segura do que nunca com o número de ilegais e crimes cometidos em níveis baixos. Continua a defender que quem entre de forma ilegal tenha de pagar coimas mas que possa ter o direito à legalização.

Defendeu ainda que num mundo cada vez mais interligado, “a diversidade dos EUA são uma vantagem poderosa na competição global”.

Barack Obama contestou também no seu discurso a recente lei do Arizona que criminaliza os imigrantes ilegais. Não se pronunciando sobre se vai reclamar inconstitucionalidade da lei, referiu que esta “pode violar os direitos de cidadãos norte-americanos e residentes legais, que podem ser sujeitos a interrogatórios e detenções baseadas no aspecto ou sotaque”.

No discurso, Obama defendeu que “ser americano não é uma questão de sangue ou de nascimento” mas sim uma “questão de fé” e “fidelidade” a um conjunto de valores que “prezam acima de tudo”.

Durante a campanha eleitoral uma das promessas de Obama era a de rever as leis da imigração no país.

Pode assistir ao discurso de Obama no vídeo em baixo ou ler a transcrição aqui.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório