Mundo

Obama interrompe discurso para auxiliar mulher grávida

Esta terça-feira, Barak Obama interrompeu o discurso que fazia nos jardins da Casa Branca para prestar auxílio a uma mulher grávida que ali estava, prestes a desfalecer. O presidente dos Estados Unidos falava sobre a reforma de saúde
Versão para impressão
Esta terça-feira, Barak Obama interrompeu o discurso que fazia nos jardins da Casa Branca para prestar auxílio a uma mulher grávida que ali estava, prestes a desfalecer. O presidente dos Estados Unidos falava sobre a reforma de saúde Obamacare, quando Karmel Allison, diabética, começou a baloiçar, com sintomas de perda de consciência.
 
Obama apercebeu-se da situação, interrompendo de imediato o discurso para amparar a mulher e pedir ajuda. “Isto é o que acontece quando falo durante muito tempo”, brincou o presidente, que discursava há cerca de 20 minutos, com o objetivo de aligeirar o ambiente. 
 
Karmel Allison foi convidada pela Casa Branca para representar os norte-americanos que, como ela, doente com diabetes tipo 1, não podiam ter acesso a um seguro médico privado antes da reforma, por motivo de doença crónica. 
 
Depois do sucedido, a mulher fez questão de agradecer publicamente a Obama, publicando uma mensagem no Twitter: 'Estou bem, gente. Foi só uma tontura. Obrigada, Barack Obama, por me amparar!'.
 

Notícia sugerida por Vítor Fernandes

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub