Literatura

Nuno Júdice premiado em Marrocos

O escritor, poeta e ensaísta Nuno Júdice, cuja obra é publicada pela Dom Quixote, acaba de ser distinguido com o Prémio Argana de Poesia da Masion de La Poésie de Marrocos.
Versão para impressão
O escritor, poeta e ensaísta Nuno Júdice, cuja obra é publicada pela Dom Quixote, acaba de ser distinguido com o Prémio Argana de Poesia da Masion de La Poésie de Marrocos. O galardão será entregue este sábado, dia 14, em Marrocos, no Salão do Livro de Casablanca.

Trata-se de um prémio que, em anteriores edições, já foi atribuído, entre outros, aos seguintes poetas: Mahmoud Darwich; Yves Bonnefoy; Tahar Ben Jelloun e Antonio Gamoneda.

Nuno Júdice, que em 2013 conquistou o Prémio Rainha Sofia de Poesia Ibero-Americana, volta assim a ver a sua obra reconhecida internacionalmente, pouco tempo depois de lhe ter sido entregue, no final de 2014, no México, o Prémio de Poesia Poetas del Mundo Latino Victor Sandoval.

Nuno Júdice já foi agraciado com alguns dos mais importantes prémios literários: PEN Clube (1985); Prémio Dom Dinis (1990); Prémio da Associação Portuguesa de Escritores (1995), Prémio Fernando Namora (2004).

Em comunicado enviado ao Boas Notícias, a Dom Quixote informa que o próximo livro do poeta será lançado no final deste ano.

Sobre o autor 

Nuno Júdice nasceu na Mexilhoeira Grande, Algarve, em 1949. Formou-se em Filologia Românica pela Universidade Clássica de Lisboa. É professor associado da Universidade Nova de Lisboa, onde se doutorou em 1989. Entre 1997 e 2004 desempenhou as funções de Conselheiro Cultural e Diretor no Instituto Camões em Paris.

O autor tem publicado estudos sobre teoria da literatura e literatura portuguesa. Publicou o primeiro livro de poesia em 1972. Está traduzido em várias línguas, destacando-se Espanha, onde tem uma antologia na colecção “Visor” de poesia, e França, onde está publicado na colecção Poésie/Gallimard.


Dirigiu até 1999 a revista Tabacaria da Casa Fernando Pessoa. Em 2009 assumiu a direcção da revista Colóquio/Letras da Fundação Calouste Gulbenkian.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório