Saúde

Números do cancro serão apurados em Portugal

A Fundação Champalimaud vai realizar um estudo nacional para apurar o número exato de pacientes, a dimensão da doença em Portugal e qual o tipo de cancro mais representativo em cada região do país, conforme afirmou este fim-de-semana o responsável pe
Versão para impressão
A Fundação Champalimaud vai realizar um estudo nacional para apurar o número exato de pacientes, a dimensão da doença em Portugal e qual o tipo de cancro mais representativo em cada região do país, conforme afirmou este fim-de-semana o responsável pelo Centro do Cancro da Fundação, Raghu Kalluri.

O cientista da Harvard Medical School falou à margem do Simpósio sobre Cancro que decorreu até sábado na Fundação Champalimaud, em Lisboa, onde estiveram reunidos cientistas internacionais para debater a investigação e novas metodologias para o combate à doença.

“Estou a trabalhar aqui há um ano e é muito difícil obter números acerca do cancro”, referiu o diretor à Lusa, acrescentando que um especialista, no espaço de seis meses a um ano, irá efetuar uma recolha sobre o número exato de casos e tipos de cancro por regiões do país.

O português António Horta Osório, que em março assume a presidência do Lloyds Bank, uma das instituições bancárias mais importantes do Reino Unido, foi eleito pelo conselho de curadores da Fundação para administrador não-executivo da Fundação Champalimaud.

[Notícia sugerida pelo utilizador Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub